Bolsa dos EUA fecha com forte queda, Dow Jones cai 2,09%

Nos Estados Unidos, os principais índices acionários da bolsa de Nova York terminaram o dia em queda de mais de 1%. A sexta-feira encerrou a sessão com a disseminação do surto de coronavírus aumentando a preocupação no ambiente financeiro, além de dados econômicos mais fracos divulgados pelo país.

 

Nova York fecha com ações em alta, Dow Jones sobe 0,44%

Os índices acionários dos Estados Unidos tiveram um dia bastante negativo, mas se recuperaram no fim da sessão, encerrando com os papéis em alta. Nesta quinta-feira, 30, a divulgação da Organização Mundial da Saúde (OMS) de que o coronavírus na China já é considerado uma emergência global tomou conta das negociações na bolsa americana, enquanto os balanços corporativos registraram efeitos mistos.

 

Bolsa dos EUA encerra positiva, Dow Jones ganha 0,66%

Nos Estados Unidos, os índices acionários voltaram a se recuperar nesta terça-feira, 28, liderados por um salto nas ações da Apple (NASDAQ:AAPL), além de outras empresas, que haviam sido afetadas por preocupações com o surto de coronavírus na China.

 

Ações dos EUA têm forte queda, Dow Jones recua 1,57%

Os mercados de ações dos Estados Unidos fecharam o dia com quedas expressivas. Nesta segunda-feira, 27, o Wall Street registrou o pior dia em mais de três meses, após a China estender o feriado do Ano Novo Lunar por conta do surto de vírus no país. As notícias alimentaram fortes preocupações com o impacto global econômico, além do que afeta a segunda maior economia do mundo.

 

Indicadores dos EUA fecham a semana em queda, DJ recua 0,58%

Nos Estados Unidos, os índices de Wall Street apresentaram queda no último dia da semana. A bolsa americana fechou em baixa nesta sexta-feira, 24, devido ao afastamento dos investidores dos mercados globais, com as crescentes preocupações sobre o surto de coronavírus na China e nos EUA.

 

Wall Street termina a semana com recordes, Dow Jones sobe 0,17%

Nos Estados Unidos, os principais índices de ações de Wall Street bateram novas máximas nesta sexta-feira, 17. Os expressivos dados do setor imobiliário divulgados hoje nos Estados Unidos, renderam bons frutos a Nova York, além dos sinais de melhora na economia da China, o que aumentou as esperanças dos investidores sobre uma recuperação no crescimento global.

 

 

Assinar este feed RSS