EUA têm alta nas bolsas de valores, Dow Jones ganha 0,99%

Nos Estados Unidos, os mercados em Wall Street fecharam em alta nesta quinta-feira, 28. Tentando se recuperar de perdas graves na sessão anterior, os indicadores atuaram de olho na temporada de balanços e no alívio em relação às vendas por fundos hedge para cobrir prejuízos em outras camadas.

 

Bolsas dos EUA têm forte queda, Dow Jones perde 2,05%

Nos Estados Unidos, os indicadores fecharam o dia em forte queda. Os hedge funds e os balanços corporativos foram destaques nas bolsas de Nova York, além das informações do Federal Reserve, que deixou a política monetária estável e sinalizou uma possível desaceleração no ritmo da recuperação da economia norte-americana.

Com isso, o Dow Jones perdeu 2,05%, para 30,303.17 pontos. O S&P 500 cedeu 2,57%, aos 3,750.77 pontos. Enquanto o Nasdaq teve queda de 2,61%, terminando o dia aos 13,270.60 pontos.

(Redação - Investimentos e Notícias)

Nova York fecha em baixa, Dow Jones recua 0,07%

Nos Estados Unidos, os índices S&P 500 e Nasdaq caíram de níveis recordes no fechamento desta terça-feira, 26. Os investidores ficaram de olho na divulgação dos balanços corporativos, enquanto o Wall Street passou o dia com oscilações antes da decisão de política monetária do Federal Reserve, que acontece amanhã.

 

 

Bolsas dos EUA perdem terreno e Dow Jones cede 0,57%

Nos Estados Unidos, os principais índices de Wall Street fecharam em cenário misto nesta sexta-feira, 22, depois de atingirem níveis recordes na sessão anterior. As ações das grandes empresas de tecnologia Intel e IBM (NYSE:IBM) recuaram após a divulgação de seus resultados trimestrais. Mesmo assim, o Nasdaq conseguiu segurar uma leve alta de 0,09%.

 

Bolsas dos EUA fecham em alta, com promessa de estímulos fiscais

Nos Estados Unidos, os principais índices acionários de Wall Street subiram nesta terça-feira, 19. Às vésperas do democrata Joe Biden tomar posso do cargo de presidente americano e com a indicada ao cargo de secretária do Tesouro, Janet Yellen, defendendo um forte pacote de auxílio fiscal ao país, os investidores se animaram e arriscaram mais no pregão de hoje.

 

Bolsas de Nova York amargam queda, Dow Jones perde 0,57%

Nos Estados Unidos, os principais índices de Nova York encerraram o dia em queda. Nesta sexta-feira, 15, os bancos se mostraram o maior impedimento em Wall Street, após a divulgação de seus balanços trimestrais. Além disso, o setor de energia também sofreu perdas, devido a uma investigação regulatória contra a Exxon Mobil Corp (NYSE:XOM).

 

Ações dos EUA recuam com dados do desemprego

Nos Estados Unidos, o Wall Street encerrou em queda nesta quinta-feira, 14. Os indicadores bateram de frente com o relatório semanal de desemprego no país, enquanto as esperanças em torno de um novo estímulo fiscal permaneceram vivas entre os investidores.

Com isso, o Dow Jones encerrou em queda de 0,22%, aos 30.991,52 pontos. O S&P 500 perdeu 0,38%, aos 3.795,54 pontos. Enquanto o Nasdaq recuou 0,12%, para 13.112,64 pontos.

(Redação - Investimentos e Notícias)

Bolsa dos EUA encerra mista, Dow Jones perde 0,03%

Nos Estados Unidos, o índice S&P 500 encerrou ligeiramente em alta nesta quarta-feira, 13, enquanto o Dow Jones cedeu leve 0,03%. Os investidores continuam esperando por detalhes do próximo plano de estímulo fiscal do país, enquanto o Congresso inicia as audiências de impeachment do presidente Donald Trump.

Com isso, o Dow Jones recuou 0,03%, para 31.060,47 pontos. O S&P 500 fechou em alta de 0,23%, aos 3.809,84 pontos. Enquanto o Nasdaq ganhou 0,43%, indo para 13.128,95 pontos.

(Redação - Investimentos e Notícias)

Assinar este feed RSS