Demanda do consumidor por crédito recua 6,5% em novembro

De acordo com o Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito, a quantidade de pessoas que buscou crédito caiu 6,5% em novembro/18 em relação ao mês imediatamente anterior. Também na comparação com novembro do ano passado, houve queda de 2,4% da procura por crédito pelo consumidor. Apesar deste duplo recuo em novembro, no acumulado do ano a busca do consumidor por crédito cresceu 7,2% perante mesmo período do ano passado.

  • Publicado em Economia

Inadimplência do consumidor cresce 6,03% em novembro

O encerramento do ano se aproxima e a inadimplência do consumidor segue em patamares recordes. Dados apurados pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) apontam que o volume de consumidores com contas em atraso e registrados em listas de inadimplentes cresceu 6,03% no último mês de novembro na comparação com igual mês do ano passado. Trata-se do crescimento mais acentuado para os meses de novembro desde 2011, quando a alta observada fora de 8,10%. Nos demais anos as altas haviam sido de 0,2% em 2017; 0,7% em 2016; 4,4% em 2015; 3,4% em 2014; 4,0% em 2013 e 3,9% em 2012.

  • Publicado em Economia

Confiança do consumidor da zona do euro cai em novembro

O índice de confiança do consumidor nos 17 países que compõem a zona do euro ficou em -3,9 pontos em novembro deste ano, segundo dados divulgados hoje pela Comissão Europeia. O número veio em linha com o esperado por analistas (-3,9).

(Redação – Investimentos e Notícias)

 

Confiança do consumidor registra 93,2 pontos em novembro

A Fundação Getulio Vargas divulgou que o Índice de Confiança do Consumidor (ICC) avançou 7,1 pontos em novembro atingindo 93,2 pontos, o maior nível desde julho de 2014 (93,8). Após avançar pelo segundo mês consecutivo, o índice acumula uma alta de 11,1 pontos no bimestre outubro-novembro, a maior da série histórica iniciada em setembro de 2005.

  • Publicado em Economia

Consumidor ainda mais otimista em novembro

O Índice Nacional de Expectativa do Consumidor (INEC) apresenta seu quinto aumento consecutivo, alcançando 113,6 pontos em novembro, segundo dados da Confederação Nacional da Indústria (CNI). O indicador registra aumento de 2,7% em relação a outubro e está em 5,8 pontos acima da média histórica de 107,8 pontos. É o maior valor registrado desde janeiro de 2014.

  • Publicado em Economia

IPC-C1 sobe 0,53% em outubro

O Índice de Preços ao Consumidor - Classe 1 (IPC-C1) de outubro subiu 0,53%, ficando 0,33 ponto percentual (p.p.) acima de setembro, quando o índice registrou variação de 0,20%, segundo dados da Fundação Getulio Vargas (FGV). Com o resultado, o indicador acumula alta de 4,09% no ano e 4,28% nos últimos 12 meses.

  • Publicado em Economia
Assinar este feed RSS