Férias de julho movimentam varejo em 0,13%

Nas férias escolares de julho é comum muitos pais conciliarem uma folga no trabalho para passar o tempo com seus filhos, sejam viajando ou aproveitando as atrações locais da cidade. O recesso escolar movimenta o varejo e diversos setores da economia. O mercado de turismo, por exemplo, tem uma alta demanda por conta do público que aproveita a folga para viajar.

Varejo brasileiro deverá crescer apenas 1,1% em 2019

O varejo restrito brasileiro deve apresentar crescimento de 1,1% em 2019 na comparação com o ano passado, projeta a Associação Comercial de São Paulo (ACSP). 'É um resultado fraco e um indicativo de que a economia brasileira parou de se recuperar. Trata-se de um número bem inferior aos 2,3% de 2018 e aos 2,1% de 2017', avalia o economista da ACSP Marcel Solimeo.

Varejo apresenta estabilidade em maio

Em maio de 2019, o volume de vendas do varejo ficou praticamente estável (-0,1%) frente a abril, na série com ajuste sazonal, após recuo de 0,4%, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A média móvel trimestral variou -0,1% e também mostrou estabilidade em relação ao trimestre encerrado em abril (-0,1%).

Varejo perde fôlego e cresce apenas 1,6% no primeiro semestre

O movimento de vendas do varejo da capital paulista cresceu em média 1,6% no primeiro semestre deste ano frente ao mesmo período de 2018. O dado é do Balanço de Vendas da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). Isoladamente, o sistema a prazo apresentou alta de 0,8%, enquanto que o sistema à vista expandiu 2,3%.

 

Varejo de SP cresce 1,4% na 1ª quinzena de junho, diz ACSP

O movimento de vendas do varejo da capital paulista cresceu em média 1,4% na primeira quinzena de junho de 2019, frente ao mesmo período de 2018, segundo o Balanço de Vendas da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). A média resulta das altas de 2% do sistema a prazo e de 0,8% do sistema à vista.

Vendas no varejo recuam em abril

Em abril de 2019, o volume de vendas do varejo recuou 0,6%, frente a março, na série com ajuste sazonal, após ficar estável em março (0,1%) e fevereiro (-0,1%), segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A média móvel trimestral variou -0,2%, eliminando o aumento registrado em março (0,2%).

Faturamento do varejo paulista atinge R$ 58,8 bilhões em março

As vendas do comércio varejista no Estado de São Paulo seguiram a trajetória ascendente e atingiram R$ 58,8 bilhões em março, alta de 1,2% em relação ao mesmo período de 2018. Foi a maior cifra para o mês desde o começo da série histórica, em 2008. Nos últimos 12 meses, a elevação foi de 4,7%, e no acumulado de 2019, o aumento foi de 4,2%, o que representa um montante de R$ 7 bilhões maior do que o obtido no período de janeiro a março de 2018.

 

Vendas do Dia dos Namorados devem crescer de 2% a 3%, aponta ACSP

A Associação Comercial de São Paulo (ACSP) espera um crescimento entre 2% e 3% no movimento de vendas de produtos voltados para o Dia dos Namorados no varejo da capital paulista, em relação ao ano passado. 'Com o baixo crescimento da economia brasileira, a perspectiva é de um aumento moderado das vendas", diz Marcel Solimeo, economista da ACSP.

Assinar este feed RSS