Lucro líquido da ABB atinge US$ 64 milhões no 2T19

A multinacional ABB apresentou um crescimento de 1% nos pedidos globais durante o 2º trimestre de 2019, em relação ao mesmo período do ano anterior. Na mesma comparação, em dólares, o faturamento aumentou 7%, e o lucro líquido da companhia foi de US$ 64 milhões, incluindo um encargo de US$ 455 milhões relacionado à venda do negócio de inversores solares. As incertezas macroeconômicas e geopolíticas não foram um empecilho para os bons resultados da empresa nos primeiros seis meses do ano. As encomendas se desenvolveram particularmente bem em toda a América do Sul, especialmente no Brasil, que viu os pedidos aumentarem 36% no 2º trimestre, e alta de 20% no semestre.

ABB registra lucro líquido de US$ 489 milhões no 4T16

A ABB teve lucro líquido de US$ 489 milhões no último trimestre de 2016. O número representa um aumento de 139,7% na comparação com o mesmo período de 2015. A multinacional suíço-sueca também registrou crescimento de 3% dos pedidos e de 1% da receita, impulsionados por grandes contratos das divisões de Power Grids (PG) e Electrification Products. A divisão de PG registrou a maior alta, com 15% de crescimento dos pedidos, 4% da receita e 10,4% da margem operacional Ebitda. Os pedidos acima de US$15 milhões foram 35% maiores nas divisões de Power Grids e Discrete Automation and Motion. Um deles é o contrato de US$ 75 milhões para o fornecimento de transformadores conversores de alta tensão para Belo Monte, no Brasil.

Assinar este feed RSS