Kroton terá holding focada em educação básica

  •  
Kroton terá holding focada em educação básica (Foto: Pexels) Kroton terá holding focada em educação básica

A Kroton anuncia a criação de uma holding exclusivamente dedicada ao mercado de educação básica (K12). Batizada de Saber, ela nascerá com uma história que se iniciou em 1966, com a criação do Curso e Colégio Pitágoras, em Belo Horizonte. Nestes 52 anos, o Colégio Pitágoras se transformou em uma escola de referência nacional e internacional, deu origem à Rede Pitágoras, um dos maiores sistemas de ensino do país, com mais de 700 escolas parceiras, e desenvolveu um modelo de gestão escolhido para operar escolas de importantes empresas como Embraer, Vale e Alcoa.

Reunindo tradição, experiência e uma cultura voltada à excelência, a Saber congregará os negócios atuais de educação básica da Kroton – englobando sistemas de ensino e operação de escolas próprias e de contratos – e os futuros, que envolvem aquisição e gestão de algumas das melhores e mais renomadas escolas do país.

"Ao focar a sua atuação no mercado K12 de qualidade, desde o ensino infantil ao ensino médio, a Saber estará dedicada em contribuir com a formação e desenvolvimento de crianças e jovens em uma fase vital e especial de suas trajetórias pessoais", afirma Rodrigo Galindo, presidente da Kroton.

A operação da nova holding será liderada por Mário Ghio e Dieter Paiva, vice-presidente Acadêmico e de Educação Básica e diretor geral de Educação Básica, respectivamente. Os executivos terão a missão de comandar a integração de novos colégios que venham a fazer parte da holding, como é o caso do recém-anunciado Centro Educacional Leonardo Da Vinci (CELV), de Vitória (ES), instituição com um legado de 29 anos, que atua da educação infantil ao ensino médio. "A adesão de reconhecidos colégios como o Leonardo Da Vinci reforça nosso compromisso com a educação brasileira e nosso objetivo de atuar no segmento de escolas de alta qualidade e resultados acadêmicos diferenciados", explica Ghio. O executivo destaca, ainda, que as instituições adquiridas pela Saber terão suas linhas pedagógicas mantidas, pois a companhia entende que tais modelos educacionais são responsáveis pelo patamar de excelência conquistado.

Centro Educação Leonardo Da Vinci (CELV) – A primeira escola a integrar a holding Saber é uma instituição com reconhecimento regional e nacional, com foco em qualidade e na diferenciação para o desenvolvimento das funções biológica, social e cultural do indivíduo. "Formamos não apenas para os resultados do Enem, nos quais somos referência, mas também para que tenhamos indivíduos felizes e realizados enquanto estudantes e profissionais diferenciados e éticos. São esses os valores do Leonardo Da Vinci que continuarão intactos com a chegada da holding Saber, a companhia que escolhemos para continuar a ampliar nosso legado", reforça José Antonio Pignaton, diretor do Centro Educacional Leonardo Da Vinci, em Vitória.

(Redação – Investimentos e Notícias)