Scatec Solar e Statoil estabelecem parceria no Brasil

Scatec Solar e Statoil estabelecem parceria no Brasil Foto: Divulgação Scatec Solar e Statoil estabelecem parceria no Brasil

Scatec Solar ASA (SSO) e Statoil ASA entram em acordo para estabelecer uma Joint Venture 50/50 para construção e operação de plantas solares de grande escala no Brasil. Esta Joint Venture tem a ambição de se tornar um competidor significativo no mercado solar brasileiro.

"O potencial de energia solar no Brasil é considerável e juntamente com a Statoil, estamos aumentando nossas ambições ainda mais neste mercado. Estamos trazendo com esta parceria um sólido histórico como produtor independente de energia solar, enquanto a Statoil contribui com um forte engajamento e experiência no Brasil através de suas outras atividades de energia", diz Raymond Carlsen, CEO da Scatec Solar.

Com o primeiro passo deste acordo, a Statoil assegura uma posição patrimonial de 40% no atual projeto Apodi de 162 MW da Scatec Solar. Este projeto foi assegurado no processo de leilão licitado pela ANEEL, Agência Nacional De Energia Elétrica, em novembro de 2015. Foi firmado um Contrato de Reserva de Energia (CER) para 20 anos com a CCEE, Câmara de Comercialização de Energia Elétrica. O Joint Venture será responsável pela construção, operação e manutenção, assim como pela gestão de ativos da planta. O investimento total do projeto está estimado em BRL 677 milhões (USD 215 milhões). Como parte da transação, a Statoil irá injetar fundos de ações para a realização do projeto.

O financiamento do projeto Apodi foi garantido por meio de uma estrutura de financiamento de projetos com aproximadamente 65% de alavancagem da dívida. A construção da planta solar deverá começar em breve com previsão para conectar a planta à rede até o final de 2018.

"O Brasil é uma região estratégica para a Statoil, onde nossa ambição é oferecer um crescimento seguro e sustentável em um mercado atraente de energia. Estamos entusiasmados em iniciar nosso primeiro projeto solar com um parceiro experiente como a Scatec Solar", diz Irene Rummelhoff, vice-presidente executiva da New Energy Solutions na Statoil.

O Brasil busca expandir seu Programa de Energia Renovável. Os CCE foram concedidos a projetos de energia eólica totalizando quase 12 GW. Ao longo dos últimos anos, aproximadamente 3 GW de projetos solares foram concedidos em três consecutivos leilões solares. O governo planeja realizar licitações de mais 7 GW até 2024.

(Redação - Agência IN)