Sete motivos que levam as pessoas a gastarem mais do que ganham

O que leva as pessoas ao endividamento e à inadimplência? Basicamente, pode-se dizer que é gastar mais do que se ganha. Contudo, de trás dessa ação existem diversos fatores que levam ao comportamento de descontrole financeiro. O resultado são milhões de brasileiros com sérios problemas financeiros.

7 lições que o futebol pode ensinar sobre finanças

Se livrar das dívidas, economizar, aprender a investir e conquistar a independência financeira são sonhos que praticamente todas as pessoas gostariam de realizar. O educador financeiro Robinson Trovó, fundador da Trovó Academy, já ensinou mais de 2500 pessoas a saírem da posição de devedor para a posição de investidor e reforça que não é preciso gostar de matemática, para aplicar o dinheiro. Para ensinar de maneira prática como as pessoas podem gerir melhor seus ganhos, o especialista traz exemplos do principal esporte do país, pois de acordo com ele de futebol todo brasileiro entende. “Dizem que a seleção brasileira tem 200 milhões de técnicos, então vale a pena explicar um pouco do assunto baseado no futebol”, destaca. Assim, o investidor listou as 7 principais lições da modalidade para cuidar das finanças. “Quem sabe um dia o Brasil não chega a ter 200 milhões de investidores?”.

Intenção de financiamento das famílias cai 8,5% em julho

Após registrar aumento em junho, o Índice de Intenção de Financiamento voltou a recuar em julho e atingiu 14,7 pontos, queda de 8,5% na comparação mensal. Em relação ao mesmo mês de 2015, quando o indicador registrou 18,3 pontos, o recuo foi de 19,5%, o que evidencia o comportamento conservador na demanda por crédito e mostra que apenas 6,8% dos consumidores entrevistados estão dispostos a tomar empréstimos neste momento de crise.

Veja algumas dicas para sair do vermelho

A conjuntura econômica desfavorável está afetando diretamente a população brasileira. Segundo levantamento do Serasa Experian, o Brasil possui, atualmente, 59 milhões de inadimplentes. Para não perder o controle da situação, a orientação é negociar as pendências, o quanto antes, e controlar os gastos. Satoshi Fukuura, CEO da Siscom – um dos principais players de recuperação de crédito do país - tem algumas dicas para auxiliar os endividados a superar a crise e manter o equilíbrio financeiro.

86% dos brasileiros ajustaram orçamento para enfrentar crise

A crise econômica tem forçado os brasileiros a mudarem seus hábitos de consumo. Uma pesquisa feita pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) em todas as capitais e em cidades do interior revela que 85,9% dos brasileiros se viram obrigados a ajustar o orçamento doméstico para se defender dos efeitos da crise. Em virtude do agravamento da situação econômica do país, 87,0% dos entrevistados admitiram que agora estão dedicando mais tempo para pesquisar preços e 80,5% estão evitando comprometer sua renda com compras de calçados e roupas. O estudo ainda revela que 44,3% dos entrevistados estão com as finanças descontroladas.

Assinar este feed RSS