Banco CBSS e Simplic anunciam parceria para oferta de crédito online

  •  
Banco CBSS e Simplic anunciam parceria para oferta de crédito online Foto: Divulgação Banco CBSS e Simplic anunciam parceria para oferta de crédito online

O Banco CBSS – Empresa do Banco do Brasil e Bradesco voltada ao mundo digital - e a Simplic, primeira plataforma de crédito online do Brasil, anunciam uma parceria que possibilitará que as duas entidades possam oferecer mais oportunidades de crédito aos consumidores de forma mais assertiva e complementar.

Segundo o diretor-executivo da Simplic, Rogério Cardozo, a parceria deverá representar maior perspectiva e gerar melhor experiência ao cliente das duas marcas. “Isso porque a Simplic poderá atender, por exemplo, clientes do banco CBSS que teriam, em outra circunstância, seu empréstimo recusado, podendo receber o crédito de que tanto precisam”, afirma. Segundo o executivo, isso é possível porque a plataforma faz uma avaliação diferenciada, saindo da análise tradicional, o que permite atender clientes que não conseguem obter crédito em instituições financeiras baseadas em birôs de crédito convencionais, como Serasa e SPC.

“A oferta de valor que estamos construindo aqui no Banco é focada em três pilares: relacionamento de qualidade com os clientes, tecnologia e produtos customizados. Temos como propósito oferecer um impacto positivo e consciente na utilização do crédito”, comenta Carlos Giovane, presidente do Banco CBSS.

A associação com a Simplic é mais um passo em direção à estratégia do CBSS de se posicionar como o banco das fintechs. “Estamos passando por um momento de revolução das conveniências digitais e enxergamos as fintechs como uma extensão dos nossos negócios aqui no CBSS e, por isso, estamos buscando nos posicionar como o banco parceiro delas”, comenta Giovane.

Com a parceria, a Simplic espera que o volume de consumidores com acesso a crédito na plataforma cresça 25% até o fim do ano.

“Essa aliança, que surge logo após o Banco Central regularizar a atuação das Sociedades de Crédito Direto (SCD), como é o nosso caso, é um exemplo de como fintechs e bancos podem atuar em conjunto, movimentando o sistema financeiro do País e democratizando o acesso aos produtos do mercado”, finaliza Cardozo.

(Redação - Investimentos e Notícias)