Vendas de Natal podem crescer 3% em São Paulo, aponta ACSP

  •  
Vendas de Natal podem crescer 3% em São Paulo, aponta ACSP Foto: Divulgação

Segundo estimativa da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), as vendas de Natal do comércio de São Paulo podem crescer 3%, em média ante igual período de 2018.

 

Seguindo o ritmo da economia, as vendas devem ser alavancadas pela liberação dos saques do FGTS, os 13ºs e a queda das taxas de juros.

Vale lembrar que o 13º inclui a extensão do abono de fim de ano para beneficiários do Bolsa-Família, que foi recém-anunciada pelo governo. Além disso, a possível queda na taxa de juros também influenciará os consumidores, de acordo com Marcel Solimeo, economista da ACSP. "São fatores que podem acelerar o processo, mas não vão ficar muito acima disso", afirma ele.

Já a Black Friday, que será realizada amanhã (29/11), deve se aproveitar um pouco das vendas de Natal, assim como tem acontecido em anos anteriores.

No entanto, as compras de bens de maior valor devem ser antecipadas, tendo em vista as condições especiais e os descontos. Já o Natal é mais amplo, diz Solimeo, pois vai muito além da compra de presentes e de itens para a ceia. "Muitas pessoas aproveitam a renda extra do 13º para comprar coisas que precisam, como artigos para o lar, roupas para os filhos e até fazer reformas - o que deve favorecer a alta nas vendas."

(Redação - Investimentos e Notícias)