Mercado de capitais cresce 21% em financiamento de projetos

Os investimentos em projetos estruturados de longo prazo (na modalidade de Project Finance) totalizaram R$ 36,1 bilhões no ano passado, com avanço de 21% sobre 2017. O volume se divide entre o capital próprio usado pelas companhias nas operações, que somou R$ 13,6 bilhões, e os financiamentos via emissões de dívidas, que chegaram a R$ 22,4 bilhões (aumento de 25% sobre o período anterior). De acordo com a ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais), entre as emissões de dívidas, a participação dos instrumentos do mercado de capitais mais que dobrou, passando de 11% em 2017, para 31% em 2018.

 

 

Indústria brasileira de fundos tem captação líquida de R$ 8,5 bi

A indústria brasileira de fundos de investimento teve captação líquida de R$ 8,5 bilhões entre os dias 1º e 12 de julho, de acordo com as estatísticas da ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais). No ano, até 12 de julho, a indústria de fundos acumula captação líquida de R$ 142,6 bilhões.

(Redação - Investimentos e Notícias)

Fundos de ações que investem no exterior rendem mais que aplicações nacionais

Mesmo com o recente recorde do Ibovespa, que fechou acima dos 100 mil pontos pela primeira vez na história, o desempenho da Bovespa tem estado muito aquém de outras bolsas de valores pelo mundo, como as americanas, europeias e asiáticas. Com isso, fundos de ações que atuam somente no Brasil ficaram muito atrás de fundos de ações sediados no país, mas que aplicam nas bolsas internacionais.

P2P, Tesouro, CDB e poupança, qual traz a melhor rentabilidade?

Com o passar dos anos, o brasileiro passou a entender melhor e se interessar muito mais pelo mundo dos investimentos. E percebeu, inclusive, que existe uma gama muito diversa de possibilidades para se tornar investidor. Hoje, por exemplo, existem aplicativos que permitem aplicações a partir de R$ 1, enquanto o Tesouro Direto você pode comprar papéis a partir de R$ 30.

Indicador de investimentos cresce 1,3% em maio, aponta Ipea

A Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) teve alta de 1,3% em maio, em relação a abril, na série com ajuste sazonal. Os dados foram divulgados hoje (4), pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), e mostram o quanto as empresas investiram e aumentaram seus bens de capital.

 

Feriado nos EUA devem reduzir movimento nesta quinta-feira

Depois de operar em território negativo por três pregões consecutivos o mini contrato do índice futuro encerrou a sessão de ontem (03) em alta. O noticiário político foi responsável por ampliar essa movimentação após o presidente da Câmara Rodrigo Maia chamar os líderes partidários para tentar votar o texto da Previdência, aumentando as expectativas de que a questão da reforma pudesse ser solucionada antes do recesso parlamentar.

Assinar este feed RSS

Warning: mysqli_close(): Couldn't fetch mysqli in /home/investimentosenoticias/www/libraries/joomla/database/database/mysqli.php on line 141

Warning: mysqli_close(): Couldn't fetch mysqli in /home/investimentosenoticias/www/libraries/joomla/database/database/mysqli.php on line 141