Impostômetro da ACSP atinge R$ 1 trilhão nesta sexta-feira, 24

O Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) atinge nesta sexta-feira (24/5), às 13h20, a marca de R$ 1 trilhão, com 11 dias de antecedência em relação ao ano passado. O valor corresponde ao total de impostos, taxas, multas e contribuições pagos pelos brasileiros desde o primeiro dia do ano para as três esferas de governo: municipal, estadual e federal.

Soma de tributos pagos pelos brasileiros chega a R$ 800 bi

Às 7h30 desta terça-feira (23/4), o Impostômetro, localizado na Rua Boa Vista, em frente ao Pátio do Colégio, local de fundação da capital paulista, mostrará a cifra de R$ 800 bilhões. Isso significa que, só em 2019, os brasileiros já pagaram tudo isso em impostos, taxas, contribuições e multas para a União, os estados e os municípios.

Impostômetro da ACSP alcança R$ 600 bi na segunda-feira, 25

O total de impostos, taxas e contribuições pagos pelos consumidores brasileiros em 2019 alcançará a cifra de R$ 600 bilhões. O registro será feito nesta segunda-feira (25/03), às 16 horas, pelo painel do Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), localizado no centro da capital paulista.

Impostômetro da ACSP registra R$ 300 bi dia 7 de fevereiro

O Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) registrará dia 7/2 (quinta-feira), às 8 horas, a marca de R$ 300 bilhões arrecadados na forma de impostos, taxas, multas e contribuições, pagos pelos brasileiros desde o primeiro dia do ano. O valor chegará três dias antes do que em 2018, quando foi registrado em 10/02, 'o que é sinal de que a economia brasileira começou um pouco mais aquecida em 2019', afirma Alencar Burti, presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp).

  • Publicado em Economia

Capitais aumentam arrecadação de ISS no Sudeste

Com exceção do Rio de Janeiro (RJ), todas as capitais da região Sudeste do país aumentaram sua arrecadação do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) em 2017, quando comparado ao ano anterior. Os dados são do anuário Multi Cidades - Finanças dos Municípios do Brasil, da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), e apontam, ainda, crescimento de 0,9% na região.

 

  • Publicado em Economia

Como calcular IOF vira pauta importante neste começo de ano

As primeiras semanas do ano foram marcadas pela divulgação de uma série de notícias e informações sobre as decisões do novo governo e de sua equipe. O mercado financeiro foi diretamente influenciado, tanto pelas altas seguidas do Ibovespa, quanto pela especulação sobre a alteração do IOF.

  • Publicado em Economia
Assinar este feed RSS