Economia brasileira em 2018 deve crescer mais do que em 2017, diz pesquisador da FGV

Para Marcel Balassiano, economista do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV IBRE), a economia brasileira em 2018 deve crescer mais do que em 2017. Para o especialista, o ano representou a saída da recessão – a pior da história do Brasil. "A economia vai crescer 2,8% em 2018, de acordo com as projeções do FGV IBRE. A inflação já recuou bastante, e provavelmente vai ficar abaixo do limite inferior de tolerância (3,0%) esse ano e abaixo da meta novamente no ano que vem, algo em torno de 4%. As expectativas para a taxa Selic, que já recuou de 14,25% para 7%, são de mais uma queda para 6,75% na primeira reunião do Copom em 2018 e na manutenção desse percentual ou algo próximo desse patamar ao longo do ano", diz Marcel Balassiano.

Ministro diz que economia teve sinais de melhora no 1T17

O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, disse hoje (5) que a economia brasileira apresentou sinais de melhora no primeiro trimestre. Segundo ele, a indicação de recuperação é resultado de ações do governo e do empenho na aprovação de reformas como a da Previdência.

Economia brasileira ainda vai mal para 81% dos consumidores, mostra SPC Brasil

Com a demora para o país dar sinais mais consistentes de recuperação da crise, a maioria dos brasileiros têm uma percepção negativa a respeito do atual momento da economia. Segundo dados levantados pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), apenas 2% dos consumidores consideram que a economia brasileira está em boas condições, contra 81% que consideram ruim ou muito ruim o atual quadro econômico nacional. Outros 16% avaliam a situação como regular.

Incerteza da economia subiu 3,9 pontos em março

O Indicador de Incerteza da Economia (IIE-Br) da Fundação Getulio Vargas subiu 3,9 pontos em março, ao passar de 118,8 para 122,7 pontos. O resultado sucede quedas de 9,1, em janeiro, e de 8,5 pontos em fevereiro. 

Consumidores veem economia pior do que em 2016, aponta pesquisa da Boa Vista SCPC

Pesquisa inédita da Boa Vista SCPC, elaborada com 1.169 respondentes, de todo o Brasil, constatou que para a maioria dos consumidores brasileiros (45%), a economia hoje está pior em comparação ao ano passado. Dos que acreditam que está igual ao ano anterior, somam 38%, e em situação melhor, 17%. No entanto, se o cenário econômico atual não está tão animador, para o próximo ano a expectativa é de melhora para 79% dos respondentes.

Ministro acredita na aprovação da PEC 241 e diz que economia crescerá

O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, manifestou-se hoje (24) confiante na aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241, que estabelece um limite de gastos públicos pelos próximos 20 anos. A matéria voltará a ser analisada na Câmara Federal amanhã (25) para votação em segundo turno.

Brasil volta ao posto de 8ª maior economia, diz FMI

Depois de ter perdido posições no ranking das maiores economias, o Brasil deve voltar a avançar nesse quadro. Previsões do Fundo Monetário Internacional (FMI) colocam o País como o oitavo a partir de 2017, ultrapassando a Itália.

Economia brasileira tem retração, mas irá se recuperar em 2017, diz FMI

O Fundo Monetário Internacional (FMI) manteve a previsão de retração da economia brasileira este ano, mas com recuperação em 2017. A estimativa de queda do Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, este ano, ficou em 3,3%, a mesma anunciada em julho. Para 2017, a previsão de crescimento foi mantida em 0,5%.

Assinar este feed RSS