BC diz que atua no câmbio "sempre que julga necessário"

O Banco Central (BC) atua no mercado de câmbio "sempre que julga necessário" para reduzir fortes oscilações (volatilidade), dar fluidez e assegurar o funcionamento do segmento, disse hoje (24) o chefe do Departamento Econômico da autarquia, Tulio Maciel. Apesar disso, Maciel enfatizou que o câmbio no Brasil é "flutuante", ou seja: é definido pelo mercado.

Saída de dólares supera entrada pelo segundo mês seguido

As saídas de dólares do país superaram as entradas em US$ 3,056 bilhões, em agosto, de acordo com dados do Banco Central (BC), divulgados hoje (3). Esse foi o segundo mês com déficit no fluxo cambial. Em julho o saldo negativo ficou em US$ 1,791 bilhão. Neste ano, também foi registrado déficit em fevereiro (US$ 1,856 bilhão) e em maio (US$ 813 milhões).                                                                                                                      

Assinar este feed RSS