“Não é o remédio adequado no momento”, diz presidente da ACSP sobre decisão do Copom

"A decisão do Copom de aumentar em 0,5 ponto percentual a Selic surpreendeu negativamente os empresários, pois todos os indicadores mostram que o nível da atividade econômica está muito fraco e, com a elevação dos juros, a economia deverá desacelerar ainda mais. A resistência da inflação não decorre de excesso de demanda, como revelou a informação sobre o consumo das famílias divulgada pelo IBGE, pelo que o aumento da Selic não é o remédio adequado no momento”, afirma Rogério Amato, presidente da Associação Comercial de São Paulo (ACSP).

(Redação - Agência IN)

FecomercioSP aprova elevação da Selic para 11,75%

O Banco Central decidiu, em reunião do Copom finalizada hoje (3), por elevar a taxa Selic em 0,50 ponto porcentual (p.p.). Com isso, a taxa chegou aos 11,75%, o maior patamar em três anos. Para a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), essa atitude confirma o discurso do presidente da instituição, Alexandre Tombini, de intensificar o combate à inflação. A alta também pode ser encarada como um novo sinal de que a "guinada" ortodoxa do governo é para valer e, portanto, deve ser assimilada pelos mercados.

FIRJAN insiste na redução do gasto público para controle da inflação

O cenário para a política econômica é desafiador. A economia brasileira deve encerrar 2014 com crescimento do PIB próximo de zero e inflação muito perto do teto da meta estabelecida. Para 2015, as expectativas apontam para um crescimento do PIB inferior a 1% e inflação ainda mais elevada, em especial por conta da necessidade de correção dos preços administrados.

"Banco Central erra ao subir juros", diz Paulo Skaf

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo e o Centro das Indústrias do Estado de São Paulo - Fiesp e Ciesp - criticam a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) de elevar a taxa Selic em 0,5 pp, passando a 11,75% a.a.

Copom se reúne para examinar taxa básica de juros

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) começa hoje (2) à tarde a última reunião do ano para definir a Selic, taxa básica de juros da economia. A expectativa do mercado financeiro, segundo a pesquisa semanal do BC em instituições financeiras, é de elevação do patamar, atualmente em 11,25% ao ano, em 0,25 ponto percentual. Assim, a Selic encerraria 2014 em 11,5% ao ano. Como são dois dias de reunião, a decisão do Copom será anunciada amanhã (3).

Ata do Copom afirma que consumo deve crescer em ritmo moderado

Ata do Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom), divulgada nesta quinta-feira, 06, aponta que o fato da inflação atualmente se encontrar em patamares elevados reflete, em parte, a ocorrência de dois importantes processos de ajustes de preços relativos na economia – realinhamento dos preços domésticos em relação aos internacionais e realinhamento dos preços administrados em relação aos livres. O Comitê reconhece que esses ajustes de preços relativos têm impactos diretos sobre a inflação e reafirma sua visão de que a política monetária pode e deve conter os efeitos de segunda ordem deles decorrentes.

Assinar este feed RSS

Warning: mysqli_close(): Couldn't fetch mysqli in /home/investimentosenoticias/www/libraries/joomla/database/database/mysqli.php on line 141

Warning: mysqli_close(): Couldn't fetch mysqli in /home/investimentosenoticias/www/libraries/joomla/database/database/mysqli.php on line 141

Warning: mysqli_close(): Couldn't fetch mysqli in /home/investimentosenoticias/www/libraries/joomla/database/database/mysqli.php on line 141

Warning: mysqli_close(): Couldn't fetch mysqli in /home/investimentosenoticias/www/libraries/joomla/database/database/mysqli.php on line 141