Confiança do consumidor registra 93,2 pontos em novembro

A Fundação Getulio Vargas divulgou que o Índice de Confiança do Consumidor (ICC) avançou 7,1 pontos em novembro atingindo 93,2 pontos, o maior nível desde julho de 2014 (93,8). Após avançar pelo segundo mês consecutivo, o índice acumula uma alta de 11,1 pontos no bimestre outubro-novembro, a maior da série histórica iniciada em setembro de 2005.

  • Publicado em Economia

Consumidor ainda mais otimista em novembro

O Índice Nacional de Expectativa do Consumidor (INEC) apresenta seu quinto aumento consecutivo, alcançando 113,6 pontos em novembro, segundo dados da Confederação Nacional da Indústria (CNI). O indicador registra aumento de 2,7% em relação a outubro e está em 5,8 pontos acima da média histórica de 107,8 pontos. É o maior valor registrado desde janeiro de 2014.

  • Publicado em Economia

IPC-C1 sobe 0,53% em outubro

O Índice de Preços ao Consumidor - Classe 1 (IPC-C1) de outubro subiu 0,53%, ficando 0,33 ponto percentual (p.p.) acima de setembro, quando o índice registrou variação de 0,20%, segundo dados da Fundação Getulio Vargas (FGV). Com o resultado, o indicador acumula alta de 4,09% no ano e 4,28% nos últimos 12 meses.

  • Publicado em Economia

IPC-FIPE sobe 0,48% no mês de outubro

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC-FIPE), medido pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), na cidade de São Paulo, registrou alta de 0,48% no mês de outubro, contra os 0,39% registrados em setembro de 2018.

 

  • Publicado em Economia

Confiança do consumidor é a mais alta em quatro anos

O Índice Nacional de Expectativa do Consumidor (INEC) alcança 110,6 pontos em outubro de 2018, o maior valor desde o mesmo mês de 2014, quando registrou 112,0 pontos. O INEC registra expansão de 4,4% em outubro na comparação com setembro. O avanço é o quarto consecutivo, de forma que o indicador acumula crescimento de 12,5% no período.

  • Publicado em Economia

Confiança do consumidor sobe pelo 3º mês consecutivo

O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) paulistano avançou pelo terceiro mês consecutivo em outubro, alta de 1,1% ao passar de 106,8 em setembro, para 107,9 pontos no mês. Em relação ao mesmo período de 2017, o indicador avançou 5%.

  • Publicado em Economia
Assinar este feed RSS