Abinee alerta governo sobre falta de transparência no acordo entre Mercosul e UE

A Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) encaminhou esta semana ao governo federal documento alertando para a falta de transparência no acordo birregional entre Mercosul e União Europeia, em fase final de negociação. A Associação, que é favorável ao acordo, pede maior clareza em relação às regras de acesso a mercados oferecidos pelos europeus que, em sua avaliação, "não refletem garantias de desenvolvimento para a indústria brasileira".

Itamaraty reage a críticas uruguaias sobre atuação brasileira no Mercosul

O governo brasileiro se disse surpreso e descontente com as declarações do Uruguai sobre a visita do ministro das Relações Exteriores, José Serra, ao país e voltou a se posicionar contra a transferência do comando do Mercosul para a Venezuela. Na semana passada, o chanceler uruguaio, Rodolfo Novoa, acusou o Brasil de tentar “comprar o voto” uruguaio na polêmica envolvendo a transição da presidência pro tempore do bloco.

Serra defende que conselho presida o Mercosul no lugar da Venezuela

O ministro das Relações Exteriores, José Serra, disse hoje (4) que espera uma solução negociada para resolver o impasse da presidência do Mercosul. Serra sugeriu que os embaixadores dos países do bloco formem um conselho informal e assumam a coordenação do Mercosul nos próximos seis meses, evitando assim que a Venezuela ocupe a presidência pro tempore.

Venezuela reage à carta de Serra sobre comando do Mercosul

A Venezuela reagiu hoje (2) a um comunicado do ministro das Relações Exteriores do Brasil, José Serra, sobre a presidência pro tempore do Mercosul, motivo de impasse desde a última sexta-feira (29), quando o Uruguai deu por encerrada sua gestão sem transferir oficialmente o comando do bloco para o país de Nicolás Maduro.

Paraguai não reconhece presidência venezuelana no Mercosul

O Paraguai não reconhece a decisão da Venezuela de assumir a presidência de Mercosul, ao considerar que o país se autoproclamou no cargo, depois que o Uruguai o deixou vago, e dirigirá o bloco com Brasil e Argentina, segundo o chanceler paraguaio Eladio Loizaga.

 

Assinar este feed RSS