Análise do mercado de trabalho indica sinais de recuperação no emprego

A seção da Carta de Conjuntura nº 34 divulgada nesta quarta-feira (19) aponta sinais de recuperação do mercado de trabalho. Embora esses indícios ainda se mostrem difusos, o comportamento dos salários iniciou uma trajetória de aceleração, com alta de 1,4% na taxa de crescimento interanual dos rendimentos reais no trimestre encerrado em fevereiro, depois de apresentar uma queda de 4% no segundo trimestre de 2016.

Ipea projeta crescimento de 0,7% do PIB em 2017

Projeção do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgada hoje (30) indica que o primeiro trimestre deste ano registrará variação positiva do Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, de 0,3%, na série com ajuste sazonal, rompendo uma sequência de dados negativos desde o último trimestre de 2014.

Déficit das contas externas deve fechar 2016 em 1% do PIB, diz Ipea

O déficit das contas externas do Brasil deve fechar 2016 em torno de 1% do produto interno bruto (PIB), que é soma de todas as riquezas produzidas pelo Brasil. O resultado, que consta em levantamento divulgado hoje (3) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), está em nível inferior à média histórica do país, que é de 1,8% do PIB.

Ipea aponta pequena alta em investimentos no país no segundo trimestre

O Indicador de Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF), divulgado hoje (26) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), aponta para alta de 0,38% nos investimentos no país no segundo trimestre deste ano em relação ao trimestre anterior. O indicador do Ipea funciona como prévia do Sistema de Contas Nacionais Trimestrais (SCNT) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Ipea analisa causas da alta persistente dos preços dos alimentos

A nota técnica titulada “A inflação dos alimentos: uma análise do desempenho recente”, lançada pelo Ipea, analisa a influência dos alimentos na variação da inflação nacional nos últimos cinco anos, indicando que o comportamento dos preços desse grupo tende a continuar pressionando a inflação nos próximos meses, porém em ritmo menos intenso.

Estudo aponta Brasil como a economia regional mais fechada

O Ipea e a Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal) divulgaram nesta quarta-feira, 6, em Brasília, a Matriz de Insumo-Produto da América do Sul. A matriz revela dados sobre compra e venda de produtos entre 10 países da região: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela. Uma análise realizada pelo professor Renato Flores, do Núcleo de Prospecção e Inteligência Internacional da Fundação Getulio Vargas, com base na matriz, concluiu que Brasil, Colômbia e Venezuela são as economias mais fechadas da região.

Para Ipea, crise começa a perder fôlego

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgou uma nova pesquisa nesta segunda-feira (27) que avalia que a crise começa a perder fôlego. Segundo o estudo, os primeiros sinais “deste possível início de recuperação cíclica têm se concentrado na indústria”.

Pesquisa do Ipea analisa gasto tributário em saúde no Brasil

A Nota Técnica Radiografia do Gasto Tributário em Saúde 2003-2013 foi lançada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) na última terça-feira (31), em Brasília. Elaborada em parceria com a Receita Federal do Brasil (RFB), a pesquisa faz uma radiografia do gasto tributário em saúde, apresentando a distribuição do gasto, a metodologia de cálculo e a estimativa da renúncia de arrecadação fiscal neste intervalo de tempo.

  • Publicado em Saúde
Assinar este feed RSS