Inflação pelo IPC-S avança na terceira semana de julho

O Índice de Preço ao Consumidor - Semanal (IPC-S) de 22 de julho de 2019 subiu 0,18%, ficando 0,04 ponto percentual (p.p) acima da taxa registrada na última divulgação. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (23) pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

IPC-S avança em 5 das 7 capitais pesquisadas

Cinco das sete capitais analisadas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) tiveram crescimento na taxa de variação do Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) na primeira medição de julho. A média nacional do IPC-S registrou variação de 0,05% no período.

IPC-S avança em quatro das sete capitais pesquisadas

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) de 22 de janeiro registrou acréscimo em 4 das 7 capitais monitoradas, segundo informações divulgadas hoje pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). De acordo com a pesquisa, os índices recuaram em: Salvador de 0,61% para 0,51%; Brasília de 0,40% para 0,38% e no Rio de Janeiro de 0,71% para 0,70%.

  • Publicado em Economia

IPC-S apresenta avanço na primeira semana de janeiro

O Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) de 07 de janeiro de 2015 apresentou variação de 0,96%, 0,21 ponto percentual (p.p.) acima da taxa registrada na última divulgação. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (8) pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

IPC-S registra recuo na última semana de julho

O Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) de 31 de julho de 2014 apresentou variação de 0,10%, 0,06 ponto percentual (p.p.) abaixo da taxa registrada na última divulgação. Com este resultado, o indicador acumula alta de 4,30%, no ano e, 6,85%, nos últimos 12 meses. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira, pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

IPC-S recua em duas das sete captais pesquisadas pela FGV

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) regional recuou em apenas duas das sete capitais pesquisadas pela Fundação Getulio Vargas, de acordo com dados divulgados hoje (17). Ontem (16) a FGV divulgou desaceleração de 0,04% do índice entre a primeira e a segunda semana de julho (de 0,28% para 0,24%).

Assinar este feed RSS