INCC-M sobe 0,40% em Janeiro de 2019, aponta FGV

O Índice Nacional de Custo da Construção – M (INCC-M) da Fundação Getulio Vargas (FGV) subiu 0,40% em janeiro, acima do resultado do mês anterior, que foi de 0,13%. O índice relativo a Materiais, Equipamentos e Serviços teve variação de 0,36%, acima do mês anterior, quando a alta foi de 0,28%. O índice referente à Mão de Obra subiu 0,43%, no mês anterior não havia registrado variação.

  • Publicado em Economia

Índice Nacional de Custo da Construção recua em maio

O Índice Nacional de Custo da Construção – M (INCC-M) registrou, em maio, taxa de variação de 0,19%, abaixo do resultado do mês anterior, de 0,41%, de acordo com dados divulgados nesta quarta-feira, 25, pela Fundação Getulio Vargas (FGV). O índice relativo a Materiais, Equipamentos e Serviços registrou variação de 0,04%. No mês anterior, a taxa havia sido de 0,29%. O índice referente à Mão de Obra registrou variação de 0,32%. No mês anterior, a taxa de variação foi de 0,52%. O INCC-M é calculado com base nos preços coletados entre os dias 21 do mês anterior e 20 do mês de referência.

INCC-M sobe em janeiro, aponta FGV

O Índice Nacional de Custo da Construção – M (INCC-M) da Fundação Getúlio Vargas (FGV) registrou, em janeiro, taxa de variação de 0,32%, acima do resultado do mês anterior, de 0,12%. O índice relativo a Materiais, Equipamentos e Serviços registrou variação de 0,52%. No mês anterior, a taxa havia sido de 0,23%. O índice referente à Mão de Obra registrou variação de 0,15%. No mês anterior, a taxa de variação foi de 0,02%. O INCC-M é calculado com base nos preços coletados entre os dias 21 do mês anterior e 20 do mês de referência.

INCC-M recua em julho

O Índice Nacional de Custo da Construção – M (INCC-M) registrou, em julho, taxa de variação de 0,80%, abaixo do resultado do mês anterior, de 1,25%. No ano, o índice acumula variação de 5,56% e, nos últimos 12 meses, a taxa registrada é de 7,22%. 

Assinar este feed RSS