Para ACSP e Facesp, decisão do Copom justifica-se

  •  
Para ACSP e Facesp, decisão do Copom justifica-se Foto: Divulgação Para ACSP e Facesp, decisão do Copom justifica-se

Para a Associação Comercial de São Paulo (ACSP) e a Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), a decisão do Copom de manter a taxa básica de juros em 6,5% a.a. justifica-se.

“Embora a inflação encontre-se neste momento um pouco acima do centro da meta – por um aumento pontual no preço dos combustíveis e dos alimentos – ela está sob controle. Ao mesmo tempo, o nível de atividade da economia está muito baixo, principalmente o setor industrial, que vem registrando queda atrás de queda. Diante desse cenário, era natural que o Banco Central mantivesse a Selic em 6,5% a.a.”, diz Marcel Solimeo, economista da ACSP.

De acordo com ele, o BC vai monitorar de perto tanto o comportamento da inflação quanto o nível da atividade econômica – além do andamento da Reforma da Previdência – para decidir, nas próximas reuniões, se começa ou não um ciclo de cortes nos juros.

(Redação - Investimentos e Notícias)