Índice de Confiança Empresarial cai 1,9 ponto em setembro

  •  
Índice de Confiança Empresarial cai 1,9 ponto em setembro (Foto: Pexels) Índice de Confiança Empresarial cai 1,9 ponto em setembro

Índice de Confiança Empresarial (ICE) da Fundação Getulio Vargas (FGV IBRE) caiu 1,9 ponto em setembro, para 89,5 pontos, o menor desde setembro do ano passado (87,8). Na métrica de média móveis trimestrais, o índice recuou pelo sexto mês consecutivo (0,3 ponto).

“Depois das perdas com a greve dos caminhoneiros e do esboço de recuperação em julho, o resultado desfavorável de setembro mostra que os fatores negativos, como a incerteza eleitoral, a piora do cenário externo e o ritmo lento da economia continuam pressionando a confiança empresarial para baixo” afirma Aloisio Campelo Jr., Superintendente de Estatísticas Públicas da FGV IBRE.

O Índice de Confiança Empresarial (ICE) consolida os índices de confiança dos quatro setores cobertos pelas Sondagens Empresariais produzidas pelo FGV IBRE: Indústria, Serviços, Comércio e Construção.

O Índice de Situação Atual caiu 0,8 ponto em setembro ao atingir 88,4 pontos, revelando uma piora na percepção dos empresários sobre o momento presente da economia. Já o Índice de Expectativas (IE-E), recuou pelo terceiro mês consecutivo, em 1,3 ponto, para 95,4 pontos.

Entre os subíndices setoriais, apenas o Índice de Confiança da Construção avançou em relação ao mês anterior, ao subir 0,9 ponto. O Índice de Confiança da Indústria, que variou negativamente em 3,6 pontos, exerceu a maior contribuição para a queda do índice agregado. 

Difusão da Confiança

Em setembro, a disseminação de alta da confiança recuou para 37% dos 49 segmentos que integram o ICE. No mês passado esta parcela havia sido de 51%.

(Redação – Investimentos e Notícias)