Expectativa de inflação dos consumidores avança em março

  •  
Destaque Expectativa de inflação dos consumidores avança (Foto: Pexels) Expectativa de inflação dos consumidores avança

Em março, a expectativa mediana dos consumidores brasileiros para a inflação nos 12 meses seguintes variou 0,2 ponto percentual em relação a fevereiro, para 5,1%, segundo dados da Fundação Getulio Vargas (FGV). Na comparação com o mesmo período do ano anterior, houve redução de 0,2 ponto percentual.

“Após ceder nos quatro meses anteriores, a projeções dos consumidores retornaram a um patamar próximo ao de janeiro. O resultado pode estar sendo influenciado pela percepção de aceleração do IPCA no primeiro bimestre deste ano, movimento que não parece ter afetado ainda a visão favorável de especialistas com relação à evolução da inflação no ano. As expectativas ainda se mantêm bem-comportadas e devem variar pouco considerando o cenário de recuperação lenta da economia”, afirma Viviane Seda Bittencourt, coordenadora da Sondagem do Consumidor, da FGV/IBRE.

Analisando a frequência da inflação prevista por faixas, a parcela dos consumidores que projetam valores entre os limites de tolerância da meta de inflação para 2019, de 4,25%, diminuiu de 60,5% em fevereiro para 58,3% em março, enquanto que a proporção de consumidores projetando valores abaixo do limite inferior (2,75%) subiu 1,1 ponto percentual, para 4,8%, a maior parcela nos últimos seis meses. A parcela dos que esperam uma inflação acima do limite superior (5,75%) aumentou de 35,8% para 36,9%.

(Redação – Investimentos e Notícias)