Confiança de Serviços encerra 2019 em trajetória ascendente

  •  
Confiança de Serviços encerra 2019 em trajetória ascendente (Foto: Pexels) Confiança de Serviços encerra 2019 em trajetória ascendente

O Índice de Confiança de Serviços (ICS), da Fundação Getulio Vargas, subiu 1,1 ponto em dezembro, para 96,1 pontos, o maior nível desde fevereiro de 2019 (96,5). Em médias móveis trimestrais, o índice avançou 0,7 ponto, mantendo a tendência ascendente iniciada em julho deste ano.

“A confiança de serviços encerra o ano de 2019 em trajetória ascendente, registrando o maior nível desde fevereiro de 2019. A alta em dezembro foi influenciada principalmente pela melhora da percepção dos empresários sobre a situação atual, sugerindo que o volume de serviços deve ter um resultado favorável no último trimestre do ano e com empresários mais otimistas com a continuidade da recuperação gradual do setor nos primeiros meses de 2020 ”, avaliou Rodolpho Tobler, economista da FGV IBRE.

A alta do ICS impactou 7 das 13 principais atividades pesquisadas, e foi determinada tanto pela melhora das expectativas quanto pelas avaliações sobre o momento atual.

O Índice de Situação Atual (ISA-S) avançou 1,8 ponto, passando a 93,6 pontos, maior nível desde junho de 2014 (94,3 pontos) e termina o ano com resultado acumulado de 5,1 pontos. O Índice de Expectativas (IE-S) subiu 0,4 ponto, para 98,8 pontos, aproximando do nível neutro, que é de 100 pontos. Contudo, no acumulado do ano, o saldo ainda é negativo de 2,1 pontos.

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (NUCI) do setor de serviços variou -0,1 ponto percentual em dezembro, e ficou em 81,6%.

(Redação – Investimentos e Notícias)