Atividade econômica avança 0,1% em março

  •  
Atividade econômica avança 0,1% em março (Foto: Pexels) Atividade econômica avança 0,1% em março

Segundo o Indicador Serasa Experian de Atividade Econômica (PIB Mensal), houve avanço de 0,1% no ritmo dos negócios em março/18 na comparação com o mês imediatamente anterior (fevereiro/18), já descontadas as influências sazonais. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, a alta em março/18 foi de 0,9%. Com estes resultados, o primeiro trimestre de 2018 registrou crescimento de 0,3% frente ao último trimestre de 2017, com ajuste sazonal, e de 1,4% comparativamente ao primeiro trimestre de 2017. 

De acordo com os economistas da Serasa Experian, o primeiro trimestre do ano manteve a trajetória de expansão da economia, embora num ritmo mais brando do que se esperava anteriormente apesar da carga de estímulos monetários (reduções das taxas de juros) que já se acumularam na economia desde finais de 2016.

Pelo lado da oferta agregada, a agropecuária avançou 1,9% em março/18 e 5,7% no acumulado do primeiro trimestre, sendo o principal setor responsável pelo crescimento econômico do período. Por outro lado, a indústria recuou 0,9% em março/18 e 1,5% no acumulado do primeiro trimestre. Por fim, o setor de serviços oscilou 0,1% em março/18, o mesmo ritmo observado ao longo do primeiro trimestre deste ano.

Na comparação com o primeiro trimestre do ano passado, a agropecuária recuou 0,8%, a indústria caiu 1,3% e o setor de serviços avançou 1,6%.

Pelo lado da demanda agregada, o consumo das famílias cresceu 0,8% em março/18 mas apenas 0,3% no acumulado do primeiro trimestre. Por outro lado, embora os investimentos tenham recuado 0,7% em março/18, conseguiram avançar 1,6% no acumulado do primeiro trimestre. Já o consumo do governo caiu 0,3% em março/18 e 0,6% no primeiro trimestre. As exportações caíram 3,0% em março/18 e as importações recuaram 10,1% mas fecharam o primeiro trimestre de 2018 em alta: 2,5% nas exportações e 1,0% nas importações.

Frente ao primeiro trimestre de 2017, o consumo das famílias cresceu 2,4% neste primeiro trimestre de 2018 e o consumo do governo caiu 1,6%. Já os investimentos avançaram 4,6% e as exportações 2,4%. Por fim, as importações também subiram 2,4% no primeiro trimestre do ano frente ao mesmo período do ano passado.