Demanda por crédito do consumidor cai 4,0% em fevereiro

A Demanda por Crédito do Consumidor caiu 4,0% em fevereiro, na avaliação dessazonalizada contra janeiro, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Contudo, na avaliação dos valores acumulados em 12 meses (março de 2016 até fevereiro de 2017 frente aos 12 meses antecedentes) houve retração de 9,5%, enquanto na análise interanual (contra o mesmo mês do ano anterior) houve queda de 8,4%.

Como o vendedor pode saber mais que o Consumidor 3.0?

Ser um vendedor bem sucedido dentro de uma loja é um grande desafio. Hoje ele não compete mais com a loja ao lado, mas com toda a internet. Mais de 76 milhões de brasileiros já têm acesso à Internet via smartphone e este pequeno aparelho pode representar o sucesso ou o fracasso de uma venda, mesmo para os bons vendedores.

Consumidor muda e as empresas também

O modo de consumir, em todos os setores, passou por profundas transformações ao longo da última década. E continua mudando. Cabe às empresas a capacidade de entender, ouvir e se adaptar a esse movimento para, assim, alcançar um objetivo que é crucial para a sustentabilidade do negócio: oferecer a melhor experiência de consumo para os seus clientes.

ICC registra 41,4 pontos em fevereiro

A queda da atividade econômica e o alto índice de desemprego influenciam diretamente na vida e confiança dos brasileiros, de acordo com o Indicador de Confiança do Consumidor (ICC) medido pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil e pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL). O cálculo mensal é baseado em avaliações do consumidor acerca da economia e da própria vida financeira, quanto ao momento atual e expectativas para os próximos seis meses. Numa escala de zero a 100 foram registrados 41,4 pontos em fevereiro de 2017, índice abaixo do nível neutro de 50 pontos, refletindo a má avaliação da economia. O resultado é pouco diferente dos 41,9 pontos registrados em janeiro.

Índice de Preços ao Consumidor deve avançar na Alemanha

Nesta quarta-feira, 01, o Destatis revelou que o Índice de Preços ao Consumidor (IPC, ou CPI na sigla em inglês) da Alemanha deverá apresentar ganhos em fevereiro se comparado com o mês anterior. O índice deve subir 0,6% e veio em linha com as expectativas dos analistas de mercado.

(Redação - Agência IN)

Consumidor permanece conservador após festas de fim de ano

Tradicionalmente, em janeiro, a intenção de tomar novos financiamentos sempre é baixa, e neste ano ficou exatamente no mesmo patamar do início de 2016. De acordo com a Pesquisa de Risco e Intenção de Endividamento (PRIE), elaborada mensalmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), o Índice de Intenção de Financiamento registrou 17 pontos em janeiro, valor idêntico ao apurado no mesmo mês de 2016. Na comparação com dezembro, quando o indicador alcançou os 17,6 pontos, houve queda de 3,3%. Isso significa que apenas 8,1% dos consumidores paulistanos estão dispostos a tomar crédito nos próximos três meses, muito abaixo dos 10% da média histórica.

Assinar este feed RSS