Confiança do consumidor se recupera

O Índice Nacional de Expectativa do Consumidor (INEC) registra 101,6 pontos em julho, um crescimento de 3,4% na comparação com o mês anterior, segundo dados da Confederação Nacional da Indústria (CNI). 

Confiança do Consumidor cresce em julho, mostra FGV

O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) da Fundação Getulio Vargas subiu 2,1 pontos em julho, ao passar de 82,1 para 84,2 pontos, recuperando parte das perdas sofridas no mês anterior. Apesar da melhora, o ICC continua em níveis baixos em termos históricos.

Intenção de compra do consumidor segue estável no 3T18

O índice de consumidores que pretendem efetuar uma compra de bens duráveis no período de julho a setembro de 2018 é de 1% no varejo ampliado, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo (IBEVAR), em parceria com o PROVAR (Programa de Administração do Varejo), E-bit e Epistemycs.

Índice de Confiança do Consumidor recua 8,4% em maio

A paralisação dos caminhoneiros e a consequente crise de abastecimento que se espalhou pelo Brasil gerou efeitos negativos sobre o humor dos consumidores paulistanos. O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) caiu 8,4%, ao passar de 113,5 pontos em maio para 104 pontos em junho. Foi a maior queda na comparação mensal desde maio de 2015 e, com isso, o ICC atingiu o menor patamar desde novembro do ano passado. Em relação a junho de 2017, o indicador registrou alta de 3,9%.

IGP-M apresenta alta de 1,87% em junho

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) variou 1,87% em junho, ante 1,38% no mês anterior, segundo dados da Fundação Getulio Vargas (FGV). Com este resultado, o índice acumula alta de 5,39% no ano e de 6,92% em 12 meses. Em junho de 2017, o índice havia caído 0,67% e acumulava queda de 0,78% em 12 meses. 

IGP-10 registra alta de 1,86% em junho

O Índice Geral de Preços – 10 (IGP-10) variou 1,86% em junho, percentual superior à alta de 1,11% registrada em maio, segundo dados da Fundação Getulio Vargas (FGV). Com este resultado, o índice acumula alta de 5,09% no ano e de 6,17% em 12 meses. Em junho de 2017, o índice havia caído 0,62% e acumulava alta de 0,08% em 12 meses. 

Assinar este feed RSS