O segredo definitivo para uma carreira bem sucedida

  •  
O segredo definitivo para uma carreira bem sucedida Foto: Divulgação O segredo definitivo para uma carreira bem sucedida

O título deste artigo tem o poder de atrair um grande número de leitores na mesma intensidade que tem de afastar tantos outros. Os primeiros, talvez mais jovens são ávidos por dicas rápidas e ‘segredos’ que irão alçá-los profissionalmente. A outra parte, dos que se afastam deste tipo de assunto, é possivelmente formada pelos mais experientes e decepcionados com promessas fáceis dos muitos gurus outrora reverenciados.

Quero confrontar você a ponto de decepcioná-lo e dizer que não existem segredos, uma mágica ou um atalho que o colocará na posição profissional dos seus sonhos. Não existem, por exemplo, os “Cinco passos para ser um CEO”. As obras dos autores que entregam tais tipos de promessas estão mais próximas da literatura mística e dos contos de fada que de livros de administração ou gestão de recursos humanos.

Contudo, permanece a pergunta intrigante: o que separou os caminhos daqueles dois amigos de faculdade que possuíam a mesma energia de vida, o mesmo conhecimento acadêmico, se graduaram juntos e tinham background familiar semelhantes, sendo que um se tornou um profissional que lidera milhares de pessoas, e o outro um profissional mediano, que nem sempre consegue pagar integralmente sua fatura do cartão de crédito? Onde o caminho deles se bifurcou?

O alcance de metas pessoais e profissionais e o tornar-se um profissional bem-sucedido está relacionado aos ‘princípios’ e nada relacionado aos ‘segredos’. Se houvesse segredos para se tornar um Diretor Executivo, eles poderiam ser desvendados, escritos num livro e o mundo seria um lugar apenas de Diretores sem ninguém para ser comandado. Esta é uma hipótese absurda! Apesar de serem muitas as variáveis que alavancam ou atrasam uma carreira profissional, são os princípios de um indivíduo que o farão destacar-se da multidão no transcorrer de sua carreira profissional. Tais princípios podem ser definidos como sendo um conjunto de padrões de conduta, pressupostos, fundamentos ou a essência decisória. E quais deles regem sua vida profissional?

O sistema filosófico popular é pródigo em criar provérbios, ou seja, uma frase que se baseia na sabedoria do senso comum de um determinado povo ou meio cultural. Os orientais são criativos ao formular provérbios e muitos oradores gostam de iniciar seus discursos com ditados chineses, por exemplo. Provérbios são um ótimo exemplo de princípios, pois revelam como determinado povo resolve seus dilemas por meio de sua sabedoria ancestral.

Se o que diferencia o destino da jornada profissional são os princípios que regem a pessoa, quais são os que devemos perseguir e quais os que devemos exorcizar? Na busca desta resposta, lançarei mão de princípios que se expressam por meio de cinco provérbios hebreus milenares.

O primeiro é o Princípio da Iniciativa que diz “Quem fica esperando que o vento mude e que o tempo fique bom nunca plantará, nem colherá nada”. Tenha como seu princípio profissional tomar a iniciativa, sempre! O primeiro emprego de minha esposa foi excelente e fruto da minha iniciativa de enviar o currículo dela para uma vaga absolutamente improvável. Ela não queria enviar. Eu secretamente o fiz e ela foi a selecionada. Just do it. Sabe qual é o melhor momento para se plantar uma árvore? Foi há vinte anos... Sabe qual é o segundo melhor momento? Hoje! Seja quem toma a iniciativa dentro do escritório e não se importe com as críticas. Seus frutos aparecerão!

Vamos partir, então, para o segundo princípio: o da Persistência. Ao analisarmos o provérbio “Semeie de manhã e também de tarde, porque você não sabe se todas as sementes crescerão bem, nem se uma crescerá melhor do que a outra” percebemos que profissionais da área de vendas são essencialmente persistentes e sem a área comercial muitas empresas simplesmente não existiriam. Encare suas dificuldades profissionais como oportunidades de melhoria. Enxergue a bronca do seu gestor como um coaching para seu caráter e busque aprender com seus erros. Encare uma demissão como uma promoção ao novo patamar. Jamais desista dos seus objetivos. Sua vida profissional está mais difícil? Parabéns, você mudou de fase! Seja resiliente, pois só não semeia quem não planta.

Já no Princípio da Precaução o melhor provérbio que o explica é “Empregue o seu dinheiro em bons negócios e com o tempo você terá o seu lucro. Aplique em negócios diferentes porque você não sabe que crise poderá acontecer no mundo”. Uma pessoa precavida normalmente o é em várias áreas de sua vida e não apenas nas finanças. Para que tenhamos uma ideia do quanto a precaução é importante no ambiente profissional, basta eu citar o desleixo, imprudência, negligência, descuido, inadvertência e a improvidência. Será que um profissional com tais características terá chances de subir na carreira? Claro que não! Ser precavido evita acidentes tanto em nível pessoal quanto profissional. Empresas preferirão promover às lideranças profissionais que sejam econômicas e previdentes.

E claro que não poderia faltar o Princípio da Alegria. Já dizia o provérbio “Como é agradável a luz do dia, e como é bom ver o sol! Viva alegre durante todos os anos da sua vida”.Tem gente que vive alegre e isso a faz popular dentro da empresa. Se somarmos competência com simpatia temos um resultado imbatível. Você prefere conviver com um colega de trabalho alegre e simpático ou com alguém triste e mal-humorado? Se ambos forem competentes, a escolha recairá naturalmente sobre o alegre. Seja alegre com a luz do dia, com o seu trabalho e com os desafios que ele reserva para você. Todas as portas da vida se abrirão mais facilmente para as pessoas que sabem viver com alegria, dentro ou fora da empresa.

E por fim um dos mais importantes princípios, o da Humildade. O provérbio hebreu já afirmava “Tudo o que acontece é ilusão”. Não é nada fácil conviver com um colega de trabalho arrogante, soberbo ou excessivamente vaidoso de suas realizações profissionais. Normalmente as portas vão se fechando para este tipo de pessoa no transcorrer de sua carreira. Contudo, o profissional que realiza suas tarefas com muita qualidade e entende que ter batido suas metas não o promove à categoria de “Deus do Olimpo”, sempre buscará desempenho ainda superior no ano seguinte. Ele entende que o prêmio recebido por produtividade, a placa de honra ao mérito ou o bônus anual, são apenas ilusões passageiras. Profissionais competentes, porém humildes, conquistam a simpatia de todos e são pessoas inspiradoras, líderes de si mesmos e, por isso, aptos a serem líderes de muitos.

Princípios apontam para o caráter. Portanto, no lugar de alimentar ressentimentos em relação aos colegas que alcançam sucesso profissional devemos buscar aprender os princípios que regem a vida dos profissionais que receberam reconhecimento.

Luciano Maia - Diretor da Regional Centro-Oeste da Consultoria Lee Hecht Harrison (LHH)