Preço do milho apresenta forte alta em fevereiro

Os preços de milho vêm apresentando fortes altas nos mercados externo e interno, segundo informam pesquisadores do Cepea. No cenário internacional, as cotações são impulsionadas especialmente por preocupações quanto ao clima na Argentina. 

Cotação do milho tem leve alta

As exportações aquecidas em janeiro e incertezas quanto ao semeio de milho segunda safra têm resultado em pequenas altas nos preços de milho. No geral, compradores priorizam negociações pontuais, enquanto vendedores estão recuados – muitos vendedores seguem dando preferência para a comercialização da soja. 

Milho inicia fevereiro com estoques em volume recorde

O mercado de milho inicia fevereiro com estoques em volume recorde e ritmo de comercialização lento. Conforme colaboradores do Cepea, produtores/vendedores, principalmente os do Centro-Oeste, seguem priorizando a comercialização da soja – algumas empresas, inclusive, têm armazenado o milho da safra passada para negociar a oleaginosa da atual temporada. 

Disponibilidade de milho segue limitada no mercado paulista

A oferta de milho no mercado paulista está restrita, visto que o volume colhido ainda é pequeno – em alguns casos, o cereal ainda apresenta alta teor de umidade. Compradores desse estado consultados pelo Cepea continuam optando por negociar pequenos lotes, enquanto vendedores capitalizados seguem concentrados na colheita. 

Cotações do milho recuam na maioria das regiões

A maior disponibilidade interna tem pressionado os valores do milho em muitas regiões acompanhadas pelo Cepea nos últimos dias. A queda está atrelada ao início da colheita no Sul do Brasil e aos estoques atuais, considerados altos. 

Conab vendeu 206 mil t de milho em 2017

Por meio do Programa de Vendas em Balcão (PROVB), a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) garantiu a manutenção do rebanho de 30.335 pequenos criadores de diversas regiões do país ao longo de 2017. Foram comercializadas aproximadamente 206 mil toneladas de milho dos estoques públicos para uso na alimentação dos plantéis de bovinos, caprinos, ovinos, codornas e bubalinos.

Preços do milho seguem em alta

Os preços do milho seguem em alta na maior parte das regiões acompanhadas pelo Cepea, sustentados pela retração de vendedores. Além disso, as novas estimativas da Conab reforçando a menor oferta no Brasil também influenciam a firmeza nos preços internos. 

Assinar este feed RSS