Wall Street fecha em alta apesar de bombardeios no Iraque

  •  
No fechamento, o Dow Jones Industrial Average subiu 182,40 pontos, 1,11% mais alto, a 16.550,67 unidades. O índice ampliado S&P 500 avançou 21,83 pontos (1,14%), a 1.931.40 unidades. O tecnológico Nasdaq Composite Index teve alta de 36,04 pontos (0,83%), a 4.371,01 unidades.  "Hoje houve um salto," resumiu Tom Cahill, analista da Ventura Wealth Management. "As ações estavam tão sobrevalorizadas no curto prazo que fez muito sentido esse avanço (no valor das ações)".  Nesta semana, a bolsa americana operou em baixa, com os investidores digerindo as tensões na Ucrânia e a escalada da violência no Iraque, pela primeira vez bombardeado pelos EUA desde 2011. Nesta sexta-feira, contudo, os principais índices da bolsa se recuperaram. Foto: Divulgação No fechamento, o Dow Jones Industrial Average subiu 182,40 pontos, 1,11% mais alto, a 16.550,67 unidades. O índice ampliado S&P 500 avançou 21,83 pontos (1,14%), a 1.931.40 unidades. O tecnológico Nasdaq Composite Index teve alta de 36,04 pontos (0,83%), a 4.371,01 unidades. "Hoje houve um salto," resumiu Tom Cahill, analista da Ventura Wealth Management. "As ações estavam tão sobrevalorizadas no curto prazo que fez muito sentido esse avanço (no valor das ações)". Nesta semana, a bolsa americana operou em baixa, com os investidores digerindo as tensões na Ucrânia e a escalada da violência no Iraque, pela primeira vez bombardeado pelos EUA desde 2011. Nesta sexta-feira, contudo, os principais índices da bolsa se recuperaram.

A bolsa de Wall Street fechou em alta nesta sexta-feira apesar dos bombardeios dos Estados Unidos no Iraque.

No fechamento, o Dow Jones Industrial Average subiu 182,40 pontos, 1,11% mais alto, a 16.550,67 unidades. O índice ampliado S&P 500 avançou 21,83 pontos (1,14%), a 1.931.40 unidades. O tecnológico Nasdaq Composite Index teve alta de 36,04 pontos (0,83%), a 4.371,01 unidades.

"Hoje houve um salto," resumiu Tom Cahill, analista da Ventura Wealth Management. "As ações estavam tão sobrevalorizadas no curto prazo que fez muito sentido esse avanço (no valor das ações)".

Nesta semana, a bolsa americana operou em baixa, com os investidores digerindo as tensões na Ucrânia e a escalada da violência no Iraque, pela primeira vez bombardeado pelos EUA desde 2011. Nesta sexta-feira, contudo, os principais índices da bolsa se recuperaram.

(Redação com AFP - Agência IN)