Tensões geopolíticas no radar dos investidores

Tensões geopolíticas no radar dos investidores (Foto: Divulgação) Tensões geopolíticas no radar dos investidores

Tensões geopolíticas entre Coreia do Norte e Estados Unidos preocupam investidores e as principais bolsas de valores globais apresentam perdas nesta quarta-feira, 09. Com isso, as bolsas europeias e norte-americanas operam em campo negativo.

Ásia

Na Ásia, as bolsas fecharam o pregão no campo negativo, com destaque para a queda de 1,3% da bolsa de Tóquio.

Entre os dados locais, o índice de preços ao consumidor da China mostrou alta de 1,4% em julho na comparação com o mesmo mês do ano passado, abaixo da variação registrada em junho e da expectativa de mercado.

Europa

Enquanto isso, na Europa, as bolsas apresentam perdas nesta manhã.

EUA

Em Wall Street, o cenário não é diferente e bolsas caem.

Brasil

Aqui no Brasil, o destaque do dia é a divulgação do IPCA de julho.

Agenda

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) do mês de julho ficou em 0,24%, após variação de -0,23% em junho, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No mesmo, mesmo com o grupo Alimentação e Bebidas, que responde por 25% das despesas das famílias, apresentando queda pelo terceiro mês consecutivo (-0,47%), os grupos Habitação (1,64%) e Transportes (0,34%) pressionaram para cima o resultado do mês.

Já o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), medido pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), na cidade de São Paulo, registrou alta de 0,04% na primeira semana de agosto, contra os -0,01% registrados na última semana de julho.

Empresas

A GOL Linhas Aéreas Inteligentes anunciou hoje o resultado consolidado do segundo trimestre de 2017. A companhia concluiu seu abrangente plano de redimensionamento de malha aérea e frota para se adequar ao cenário econômico do país, e atingiu receita líquida de R$2,2 bilhões neste trimestre, um aumento de 7,0% em comparação ao mesmo período de 2016. No acumulado do ano, a companhia registrou R$4,9 bilhões, um incremento de 1,6% em relação aos seis primeiros meses do ano passado.

Câmbio

Por fim, no mercado de câmbio, o dólar deverá apresentar perdas em relação às demais moedas globais.

(MR – Agência IN)