Investidores de olho na agenda global desta quinta

Investidores de olho na agenda global desta quinta (Foto: Divulgação) Investidores de olho na agenda global desta quinta

As principais bolsas de valores globais apresentam sinais opostos nesta quarta-feira, 19, com investidores avaliando dados da agenda mundial. Aqui no Brasil, o Ibovespa recua 0,71%.

Ásia

No continente asiático, as bolsas encerraram o pregão no campo negativo, com exceção de Tóquio que subiu refletindo a desvalorização do iene.

Europa

Já na Europa, os índices finalizaram em direções opostas. Em Frankfurt, o DAX subiu 0,13%, a 12.016 pontos. Em Londres, o FTSE apresentou perdas 0,46%, aos 7.114 pontos, enquanto o CAC 40 registrou alta de 0,27%, aos 5.003 pontos.

Hoje, o Eurostat anunciou que a balança comercial dos 17 países que compõem a zona do euro registrou ganhos de € 17,8 bilhões em fevereiro. No mês anterior, a balança apresentou déficit de € 0,6 bilhões.

Por outro lado, o Índice de Preços ao Consumidor (CPI, na sigla em inglês) nos 17 países que compõem a zona do euro apontou alta de 1,5% em março deste ano na comparação com o mesmo período do ano anterior. 

Estados Unidos

Em Wall Street, o cenário não é diferente e bolsas operam de lado. Com isso, o índice Dow Jones cai 0,42% aos 20.436 pontos; o S&P 500 recua 0,01% a 2.342; e a bolsa eletrônica Nasdaq apresenta ganhos de 0,38% aos 5.871 pontos.

Brasil

Aqui no Brasil, o Ibovespa apresenta perdas em linha com o exterior e as ações da Petrobras caem 2,49%. Há pouco, o índice, operava com queda de 0,71%, aos 63.705 pontos. O giro financeiro da bolsa marcava R$ 4.664 bilhões.

Agenda

E abrindo a agenda de indicadores internos, o Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) registrou, no segundo decêndio de abril, variação de -0,99%, segundo dados da Fundação Getulio Vargas (FGV). No mês anterior, para o mesmo período de coleta, a variação foi de 0,08%.

Empresas

A Usiminas anunciou nesta quarta-feira, 19, que entre janeiro e março deste ano, seu lucro líquido foi de aproximadamente R$ 108 milhões. Mas, a Companhia ressaltou que tal resultado não é definitivo, podendo sofrer modificações, inclusive em razão de ajustes contábeis, estando também sujeito à revisão dos seus auditores externosbeis, estando também sujeito à revisão dos seus auditores externos.

Câmbio

Para finalizar, o dólar opera com ganhos de 0,84%. Há pouco, a moeda era vendida a R$ 3,139.

(MR – Agência IN)