Ibovespa registra pior pregão do mês com PIB e blue chips

  •  
Ibovespa registra pior pregão do mês com PIB e blue chips Divulgação Ibovespa registra pior pregão do mês com PIB e blue chips

O principal índice acionário da BM&FBovespa, o Ibovespa, encerra o pregão desta sexta-feira, 30, em queda neste que foi o pior pregão em um mês, puxado por PIB fraco do Brasil e blue chips. Com isso a bolsa registrou desvalorização de 1,91%, aos 51.239 pontos. O giro financeiro da bolsa marcou R$ 8.862 bilhões.

Entre as oscilações positivas em destaque na sessão estão os papéis da MARFRIG (ON), que avançaram 2,16%, e da EMBRAER (ON), que apresentaram alta de 1,95%. Em contrapartida, entre os destaques negativos, estão os papéis da GOL (PN), que recuaram 5,93%, e da GAFISA (ON), que apresentaram queda de 5,93%.

Na agenda de indicadores internos, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) anunciou que o Produto Interno Bruto (PIB) teve variação positiva de 0,2% no primeiro trimestre de 2014 em relação ao quarto trimestre de 2013, na série com ajuste sazonal. Agropecuária (3,6%) e Serviços (0,4%) cresceram, mas a Indústria recuou 0,8%.

Na Europa, as bolsas encerraram a sexta-feira com resultados mistos. O setor de mineração demonstrou preocupação com a demanda chinesa, mas, mesmo com os dados decepcionantes, Frankfurt fechou nesta sexta-feira em nível próximo do recorde. Em Frankfurt, o DAX 30 subiu 0,04%, a 9.943,27 pontos, chegando perto da barreira dos 10 mil pontos, apesar de as vendas no varejo alemão terem caído inesperadamente. O índice FTSE 100 em Londres caiu 0,39%, a 6.844,51 pontos, com a desvalorização das ações da mineração, e o CAC 40, em Paris, recuou 0,24%, a 4.519,57 pontos.

(Redação - Agência IN)