Bolsas operam de lado nesta segunda-feira (20)

Bolsas operam de lado nesta segunda-feira (20) (Foto: Divulgação) Bolsas operam de lado nesta segunda-feira (20)

Nesta segunda-feira, 20, as principais bolsas de valores globais apresentam movimentos opostos, com investidores avaliando dados da agenda mundial. Aqui no Brasil, o Ibovespa sobe 0,87%.

De acordo com relatório diário da Lerosa Investimentos, os mercados se ajustam com divulgação do comunicado do G-20, o primeiro do novo governo dos EUA, retrocedendo em relação a edições anteriores em relação ao protecionismo comercial global.

Ásia

Na Ásia, as bolsas finalizaram o pregão em alta. Vale destacar que a bolsa de Tóquio não operou hoje, devido a um feriado local.

Europa

Já na Europa, as bolsas fecharam em queda. Em Frankfurt, o DAX caiu 0,35%, a 12.052 pontos. Em Londres, o FTSE fechou com alta de 0,07%, aos 7.429 pontos, enquanto o CAC 40 registrou perdas de 0,34%, aos 5.012 pontos.

Entre os dados locais, o índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) da Alemanha apresentou uma alta de 0,2% em fevereiro deste ano, um resultado em linha com o esperado pelo mercado (+0,2%). Os dados foram divulgados pela agência de estatísticas do País, a Destatis.

Estados Unidos

Em Wall Street, o cenário não é diferente e bolsas caem. Com isso, o índice Dow Jones cai 0,08% aos 20.897 pontos; o S&P 500 recua 0,19% a 2.373; e a bolsa eletrônica Nasdaq apresenta queda de 0,16% aos 5.891 pontos.

A atividade econômica da região de Chicago avançou mais que o previsto em fevereiro, de acordo com o Chicago Fed National Activity Index (CFNAI). O indicador avançou a 0,34 pontos. No mês anterior o índice caiu 0,02 pontos.

Brasil

Aqui no Brasil, o Ibovespa apresenta ganhos, com investidores avaliando dados globais. Há pouco, o índice, operava com alta de 0,87%, aos 64.769 pontos. O giro financeiro da bolsa marcava R$ 9.563 bilhões.

Agenda

E abrindo a agenda de indicadores internos, o Banco Central (BC) divulgou o boletim Focus, que na medição, a previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) nacional para 2017 permaneceu em 0,48%. Já para 2018, o prognóstico do PIB ficou em 2,50%. Já a previsão para a taxa de câmbio em 2017 ficou em R$ 3,29. Para 2018 a taxa ficou em R$ 3,40.

Empresas

O Lucro Bruto da Kepler Weber no ano de 2016 totalizou R$ 32,7 milhões (margem 6,9%), valor 64,0% inferior aos R$ 90,8 milhões (margem 12,9%) obtidos no ano anterior.

Já a receita líquida consolidada da Randon, no mês de fevereiro de 2017, atingiu R$ 176,3 milhões ou 23,3% menor que a registrada em fevereiro de 2016. No acumulado de janeiro/fevereiro, a receita líquida consolidada totalizou R$ 334,4 milhões ou 27,6% menor que no acumulado do mesmo período do ano anterior.

Câmbio

Para finalizar, o dólar opera com perdas de 0,97%. Há pouco, a moeda era vendida a R$ 3,071.

(MR – Agência IN)