Bolsas caem após ataque dos EUA ao Afeganistão

Bolsas caem após ataque dos EUA ao Afeganistão (Foto: Divulgação) Bolsas caem após ataque dos EUA ao Afeganistão

As principais bolsas de valores registram perdas nesta quinta-feira, 13, após os Estados Unidos atacarem um complexo de túneis subterrâneos do Estado Islâmico localizado no Afeganistão. Aqui no Brasil, o Ibovespa cai 0,95%.

Ásia

Na Ásia, as bolsas encerraram o pregão no campo negativo, com exceção de Shanghai, que subiu 0,2%. 
Na agenda local, a balança comercial da China registrou ganhos de US$ 23,93 bilhões em março deste ano, contra saldo negativo de US$ 9,15 bilhões um mês antes, segundo informações divulgadas hoje pelo Instituto Nacional de Estatísticas da China.

Europa

Na Europa o cenário não é diferente, as bolsas finalizaram com perdas. Em Frankfurt, o DAX caiu 0,38%, a 12.109 pontos. Em Londres, o FTSE apresentou perdas 0,29%, aos 7.327 pontos, enquanto o CAC 40 registrou queda de 0,59%, aos 5.071 pontos.

Por lá, o índice de preços ao consumidor alemão ficou estável em 0,2% no mês de março, na comparação com o mês anterior, segundo dados divulgados hoje pela agência de estatística do país, Destatis. Em relação ao mesmo mês de 2016, o índice ficou estável (1,6%). O resultado ficou em linha com os dados da estimativa divulgados anteriormente.

Estados Unidos

Em Wall Street, as bolsas acentuam suas perdas após os Estados Unidos atacarem um complexo de túneis subterrâneos do Estado Islâmico localizado no Afeganistão. O Pentagóno afirmou que o ataque foi feito com a maior bomba não-nuclear que os EUA possui em seu arsenal.

Com isso, o índice Dow Jones cai 0,44% aos 20.500 pontos; o S&P 500 recua 0,25% a 2.338; e a bolsa eletrônica Nasdaq apresenta queda de 0,25% aos 5.821 pontos.

Na agenda, o Departamento do Trabalho divulgou que o índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) caiu 0,1% em março nos Estados Unidos, na comparação com o mês anterior, considerando-se ajustes sazonais. O resultado veio abaixo da previsão dos analistas, que esperavam um aumento de 0,0%.

Além disso, os pedidos semanais de auxílio-desemprego nos Estados Unidos registraram queda, segundo dados do departamento do Trabalho. Na semana terminada em 07 de abril, foram registrados 234 mil pedidos de seguro-desemprego. Os analistas esperavam 245 mil pedidos na semana avaliada, contra os 235 registrados na semana anterior.

Por outro lado, a confiança dos consumidores americanos deverá subir mais que o esperado em abril, segundo  a primeira estimativa do índice publicado pela Universidade de Michigan. O índice deverá ficar em 98 pontos no mês de abril, contra 96,9 em março. Os analistas esperam que fique em 96,6 pontos.

Brasil

Aqui no Brasil, o Ibovespa apresenta perdas, pressionado pelas ações da Embraer que caem 5,46% e pela tensão geopolítica entre Estados Unidos e Rússia. Há pouco, o índice, operava com queda de 0,95%, aos 63.287 pontos. O giro financeiro da bolsa marcava R$ 4.933 bilhões.

Empresas

A Embraer divulgou que entregou 18 jatos para o mercado de aviação comercial nos Estados Unidos, Europa e China ao longo do primeiro trimestre de 2017 (1T17). No segmento de aviação executiva, 15 unidades foram entregues nesse período, sendo 11 jatos leves e 4 jatos grandes. Em 31 de março, a carteira de pedidos firmes a entregar (backlog) totalizava USD 19,2 bilhões.

Agenda

Ontem, o Copom decidiu, por unanimidade, reduzir a taxa Selic em um ponto percentual, para 11,25% a.a., sem viés. De acordo com o comunicado oficial, o conjunto dos indicadores de atividade econômica divulgados desde a última reunião do Copom permanece compatível com estabilização da economia no curto prazo. A evidência sugere uma retomada gradual da atividade econômica ao longo de 2017.

Contudo, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que em fevereiro, o setor de serviços apresentou crescimento de 0,7% no volume de serviços prestados frente a janeiro (série com ajuste sazonal), após ter registrado crescimento de 0,2% em janeiro (revisado) e de 0,6% em dezembro. Apresentaram crescimentos os segmentos de Serviços prestados às famílias (0,6%); Transportes, serviços auxiliares dos transportes e correio (0,5%) e Serviços profissionais, administrativos e complementares (0,2%).

Câmbio

Para finalizar, o dólar opera com ganhos de 0,29%. Há pouco, a moeda era vendida a R$ 3,144. 

(MR – Agência IN)