"Apesar da alta nos juros e do pacote fiscal, o momento é de acreditar”, afirma Abigraf

  •  
"Apesar da alta nos juros e do pacote fiscal, o momento é de acreditar”, afirma Abigraf Foto: Divulgação "Apesar da alta nos juros e do pacote fiscal, o momento é de acreditar”, afirma Abigraf

Apesar das dificuldades que a indústria atravessa, decorrentes do baixo crescimento nos últimos anos, desemprego e inflação crescentes e do presumível aumento de custos em função dos ajustes fiscais anunciados pelo ministro da fazenda, Joaquim Levy, a alta de 0,5% na taxa básica de juros (Selic), anunciada hoje pelo Copom, não surpreende a indústria gráfica. 

"Entendemos que o momento é de acreditar e que os ajustes realizados serão acompanhados do correspondente esforço governamental para diminuir os gastos públicos e sanear o déficit fiscal. Esperamos que venha daí a confiança necessária por parte do mercado para retomar os investimentos produtivos que permitirão ao Brasil, país com imenso potencial de recursos naturais, a retomada do crescimento sustentável em favor da nossa competitividade”, afirma Levi Ceregato, presidente nacional da Associação Brasileira da Indústria Gráfica (Abigraf).

(Redação - Agência IN)