Alta da taxa de juros nos EUA é destaque da última semana

Alta da taxa de juros nos EUA é destaque da última semana Foto: Divulgação Alta da taxa de juros nos EUA é destaque da última semana

Ganhou destaque nos últimos dias a elevação da taxa de juros nos EUA, dentro da faixa esperada pelo mercado. No cenário doméstico, o mercado segue acompanhando as manobras para manutenção da governabilidade de Michel Temer.

Brasil
Mercado Doméstico
O relatório Focus mostrou uma maior queda do IPCA, que ficou em 3,71% para o fim de 2017. O Produto Interno Bruto (PIB) do país tem perspectiva de crescimento de 0,41% no ano. A taxa Selic, por sua vez, tem perspectiva de queda para 9,5% ao ano. 

Em abril, as vendas do varejo restrito subiram 1,0%, depois de recuarem 1,2% no mês anterior. Enquanto isso, as vendas no conceito ampliado cresceram 1,5%, após declínio de 0,8% em março. O índice IBC-Br mostrou expansão de 0,28% em abril e queda de 1,75% na comparação com o ano passado.

Contas públicas
O plenário da Câmara dos Deputados aprovou projeto de lei que libera R$ 8,6 bilhões ao governo, ajudando a cumprir a meta fiscal. Por meio de teleconferência, o Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, negou que haverá aumento de tributos ou redução de alíquota de IR.

Michel Temer acertou medidas para aliviar dívidas dos Estados, através da regulamentação do refinanciamento de R$ 59,5 bilhões com o BNDES.

O empresário Joesley Batista, que divulgou em maio gravação suspeita de Michel Temer, prestou depoimento na Procuradoria da República do Distrito Federal com relação à operação Bullish, que investiga repasses de mais de US$ 80 milhões para os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff. Em entrevista publicada na última semana, Joesley Batista acusou Temer de ser o líder da mais perigosa organização criminosa do país.

Cenário Corporativo
O conselho de desestatização de São Paulo recomendou o prosseguimento do processo de privatização da Cesp (CESP6). A CVM enviou ofício ao Santander (SANB11) e à CPFL Energia (CPFE3) dando prazo até 12 de julho para ser protocolado o laudo de avaliação da companhia, no âmbito da OPA por “alienação de controle”.

A JBS (JBSS3) foi acusada de crime de manipulação no Mercado Financeiro pela CVM. A agência de classificação de risco Moody's rebaixou o rating da empresa, além de rebaixar as notas das subsidiárias JBS USA Lux e da JBS USA. A Eldorado, que está à venda pela companhia, é disputada pela Fibria (FIBR3) e Suzano (SUZB5).

A Standard & Poor's decidiu colocar o rating da Natura (NATU3) em observação para possível rebaixamento após a oferta para aquisição da The Body Shop. Alega-se que o negócio pode enfraquecer sua estrutura de capital.

Mundo
EUA
O Federal Reserve elevou a taxa dos Fed Funds para o intervalo entre 1,00% e 1,25% e anunciou que pretende reduzir gradualmente seu balanço patrimonial. A taxa de desconto foi elevada em 0,25% para 1,75% e a taxa sobre excesso de reservas foi estipulada em 1,25%.

O número de pedidos de auxílio-desemprego no país caiu 8 mil na semana encerrada em 10 de maio. Já o número de pessoas que continuaram a receber o benefício subiu 6 mil na referida semana.

Steve Scalise, terceiro lugar na fila para assumir a liderança republicana na Câmara dos Deputados, foi baleado durante um ataque em Alexandria, estado da Virgínia.

Europa
O Banco da Inglaterra decidiu manter sua política monetária inalterada. O BoE manteve a taxa básica de juros em 0,25%. O primeiro round de negociações sobre a retirada do Reino Unido da União Europeia vai começar nesta segunda-feira, dia 19 de junho.

Os resultados finais do primeiro turno das eleições parlamentares da França revelaram a vitória do partido social-liberal de Emmanuel Macron.

Ásia
O Banco do Japão (BoJ) manteve inalterada sua política monetária. O conselho do BoJ manteve sua meta para o yield dos bônus de 10 anos em torno de zero e a taxa de juros de curto prazo em -0,1%. 

A produção industrial da China cresceu 6,5% em maio na comparação com o mesmo mês de 2016. As vendas no varejo chinês avançaram 10,7% em maio frente ao mesmo período do ano passado.

(Redação - Agência IN)