Preço do aluguel residencial novo apresenta variação negativa, diz Secovi-SP

A Pesquisa Mensal de Locação Residencial, elaborada mensalmente pelo Secovi-SP (Sindicato da Habitação), aponta uma variação negativa no valor médio do aluguel residencial na cidade de São Paulo. No período de 12 meses (julho de 2017 a junho de 2018), a variação foi de -0,57%, percentual bem abaixo do IGP–M (Índice Geral de Preços – Mercado) da Fundação Getúlio Vargas, que registrou 6,92% no acumulado de 12 meses. Em junho, houve variação foi positiva de 0,90%.

Custos condominiais têm ligeira alta de 0,27% em maio

Conforme apurado pelo Departamento de Economia e Estatística do Secovi-SP (Sindicato da Habitação), os custos condominiais registraram ligeiro aumento de 0,27% em maio na Região Metropolitana de São Paulo. A variação acumulada em 12 meses (junho de 2017 a maio de 2018) foi de 3,97%, percentual superior ao IGP-M (Índice Geral de Preços - Mercado), da Fundação Getúlio Vargas, que apresentou variação de 4,26% no mesmo período.

Secovi-SP realiza evento sobre melhores práticas de gestão para o setor imobiliário

No dia 28/5, acontece o 1º Special Day - PMI® & Secovi-SP. Realizado em parceria pelo Sindicato da Habitação e o PMI® (Project Management Institute), o evento reunirá empresas e profissionais envolvidos no desenvolvimento de empreendimentos imobiliários para apresentar metodologias e ferramentas de gestão, referenciadas pelo PMI®, com o intuito de capacitar construtores, incorporadores, projetistas, gerentes de projeto e demais profissionais do setor para obter melhores resultados e sucesso nos negócios. O PMI é uma entidade internacional de referência no estudo e no desenvolvimento de melhores práticas e recomendações para o gerenciamento de projetos.

Preço do aluguel cai -1,3% no acumulado de 12 meses

A Pesquisa de Locação Residencial, elaborada mensalmente pelo Secovi-SP (Sindicato da Habitação), registrou variação negativa 1,3% no período de 12 meses (março de 2017 a fevereiro de 2018), inferior aos 0,99% verificados no mesmo período do ano anterior (março e 2016 a fevereiro de 2017). O índice também ficou abaixo do IGP-M (Índice Geral de Preços - Mercado) da Fundação Getúlio Vargas, que apresentou queda de 0,42% no mesmo período.

Ações locatícias cresce 59,3% em fevereiro

O número de ações locatícias ajuizadas em fevereiro cresceu 59,3% frente a janeiro na capital paulista, conforme indica levantamento realizado pelo Secovi-SP (Sindicato da Habitação) no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Foram registrados 1.284 processos, ante os 806 do mês anterior. Em relação a fevereiro de 2017, quando tinham sido abertos 1.566 processos, houve uma diminuição de 18%.

Assinar este feed RSS