Aumenta o número de ações locatícias na cidade de SP

Em agosto, o número de ações relacionadas à locação de imóveis residenciais aumentou 8,2% na cidade de São Paulo conforme levantamento realizado pelo Secovi-SP (Sindicato da Habitação) no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Neste mês, foram ajuizadas 1.570 ações, contra os 1.451 processos protocolados em julho. Em comparação ao mesmo mês de 2016 (1.562 ações), o aumento foi de apenas 0,5%. 

  • Publicado em Imóveis

Vendas de imóveis residenciais novos em SP crescem em julho

A Pesquisa do Mercado Imobiliário, realizada pelo Departamento de Economia e Estatística do Secovi-SP (Sindicato da Habitação), apurou que foram comercializadas em julho 1.238 unidades residenciais novas, volume 49,5% acima do resultado de julho de 2016 (828 unidades). No acumulado de janeiro a julho, foram vendidas 9.126 unidades, um aumento de 13,8% em comparação ao mesmo período de 2016, quando as vendas totalizaram 8.022 unidades.

  • Publicado em Imóveis

Juros de financiamento de imóveis para agosto é 12,5058%

O Banco Central (BC) divulgou na quinta-feira (31) o limite máximo de taxa de juros para utilização em contratos de financiamento prefixados dentro do Sistema Financeiro da Habitação (SFH). De acordo com nota, o percentual referente à remuneração básica dos depósitos de poupança, para vigência em setembro, é de 0,4516% a.a..

  • Publicado em Imóveis

Mercado imobiliário mantém reação positiva e cresce no segundo trimestre

O lançamento e as vendas de novas unidades do mercado imobiliário brasileiro voltaram a crescer no segundo trimestre de 2017. Esse é o principal resultado da segunda rodada do estudo Indicadores Nacionais do Mercado Imobiliário, apresentado hoje pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). No período, o volume de imóveis novos cresceu 59,8% e as vendas aumentaram 17,4%. "O mercado oferece muitas oportunidades e as pessoas voltaram a buscar o sonho da casa própria", avalia José Carlos Martins, presidente da CBIC.

Vendas de imóveis existentes nos EUA caem 1,3% em julho

A Associação Nacional de Corretores de Imóveis dos Estados Unidos (NAR, na sigla em inglês) anunciou que a venda de imóveis usados no país caiu 1,3% em julho na comparação com o mês anterior, para uma taxa anualizada, com ajustes sazonais, de 5,44 milhões de unidades. O número ficou abaixo do esperado pelo mercado (5,57 milhões).

(Michele Rios - Agência IN)

Venda de imóveis novos recua em julho nos EUA

A venda de imóveis novos nos Estados Unidos recuou em julho, segundo cifras do Departamento do Comércio publicadas nesta quarta-feira, 23. O número de negociações recuou para 571.000 em ritmo mensal.

Assinar este feed RSS