Preço médio do m² para venda apresenta valorização no último trimestre, aponta índice DMI-VivaReal

Preço médio do m² para venda apresenta valorização no último trimestre, aponta índice DMI-VivaReal Foto: divulgação Preço médio do m² para venda apresenta valorização no último trimestre, aponta índice DMI-VivaReal

No 4º trimestre deste ano o índice teve queda de 8,3% nos valores de aluguel em comparação ao mesmo período de 2015

O preço nominal médio do m² para aluguel no Brasil registrou R$ 23,40, apresentando uma queda de 8,3% no quarto trimestre de 2016 em comparação ao mesmo período de 2015 (R$ 25,51). Já o valor para venda apresentou valorização nominal de 1% no País (R$ 4.846,00), em relação ao mesmo período de 2015 (R$ 4.800,00). O DMI-VivaReal, levantamento realizado pelo VivaReal (www.vivareal.com.br), contemplou uma amostra de 30 cidades em diferentes regiões do País e considerou mais de 2 milhões de imóveis usados disponíveis para compra ou aluguel. 

Das 30 cidades analisadas, apenas três apresentaram variação positiva do preço nominal médio do m² para aluguel em comparação ao mesmo período de 2015: Recife (2,92%), Santos (1,82%) e Brasília (0,43%).

Já as que tiveram maior desvalorização são: Osasco (-16,2%), João Pessoa (-14,1%), Londrina (-13,6%), Rio de Janeiro (-8,3%), Niterói (-7,9%), Salvador (-7,6%), Porto Alegre (-7,4%), Vitória (-6,2%), São Caetano do Sul (-5,9%) e Curitiba (-5,1%).

O Índice DMI-VivaReal também listou as cidades que tem o valor acima da média nacional (R$ 23,40) para aluguel. São Paulo lidera a lista com o valor do m² de R$ 35,71, seguida por Rio de Janeiro (R$ 33,33/m²), Brasília (R$ 32,40), Santos (R$ 29,09/m²) e Recife (R$ 25,00 m²).

“Os valores de aluguel atingiram seu pico há dois anos, quando o preço médio para locação chegava ao seu recorde, superando R$27/m². O consumidor atual entende o aluguel como uma solução de moradia em curto prazo. No momento, o aluguel também é muito vantajoso para aqueles que estão com recursos financeiros comprometidos para a compra da casa própria. Quem sabe, assim é possível poupar para dar a entrada nesse sonho? ”, comenta Lucas Vargas, CEO do VivaReal.

Valor médio do m² para venda aumenta
A média nacional do valor do m² para venda é de R$ 4.846,00 no quarto trimestre de 2016. A valorização nominal foi de 1% em comparação ao mesmo período de 2015 (R$ 4.800,00). Já no comparativo com 3T14, o valor médio teve alta de 0,6% (R$ 4.817,00).

As cidades que tiveram o m² para venda mais valorizado, em comparação com o quarto trimestre de 2015, foram Londrina (7,88%), Goiânia (7,41%), Guarulhos (6,89%), Fortaleza (6,67%), Florianópolis (6,56%), Sorocaba (6,28%), Brasília (6,14%), Curitiba (6,06%), Belo Horizonte (5,68%) e Ribeirão Preto (4,92%).

Brasília lidera a lista das cidades com valor de venda mais alto do Brasil, R$ 8.403,00/m². A lista também conta com Rio de Janeiro (R$ 7.391,00/m²), São Paulo (R$ 6.829,00/m²), Recife (R$ 6.097,00/m²) e outras.

Procura por imóveis de até 100 m² é maior que a oferta
O índice DMI-VivaReal também acompanha a demanda de venda por imóveis. No quarto trimestre, 49% dos consumidores procuram por imóveis de 51 até 100 m² e a oferta relativa por esse tipo de moradia é de 42%. Já as residências entre 101 a 150m² representam 19% da oferta relativa e 17% dos consumidores procuram por essa metragem. No que diz respeito ao número de dormitórios, 43% procuram imóveis de até dois dormitórios e 40% estão em busca de três quartos, enquanto a oferta relativa é de 35% e 43%, respectivamente.

Em faixa de preço, 75% das pessoas procuram por imóveis até R$ 500 mil, porém a oferta desses imóveis é de apenas 52%. Apesar da demanda por imóveis acima de 1 milhão ser de apenas 8%, a oferta é de 20%.

Segundo Vargas, a expectativa do mercado e dos consumidores segue a tendência das últimas previsões econômicas. “Há uma expectativa de melhora em diversos indicadores. Recentemente, o VivaReal conduziu uma pesquisa de Perspectivas para 2017 e descobrimos que o mercado imobiliário e os consumidores estão mais otimistas e abertos para negociação. Diante do momento do mercado, são características interessantes para gerar mais vendas e também aluguéis”, conclui o CEO do VivaReal.

Ranking dos Bairros mais procurados para aluguel no 4º trimestre de 2016

  1. Barra da Tijuca - Rio de Janeiro
  2. Vila Mariana - São Paulo
  3. Bela Vista - São Paulo
  4. Recreio Dos Bandeirantes - Rio de Janeiro
  5. Boa Viagem - Recife
  6. Pinheiros - São Paulo
  7. Tatuapé - São Paulo
  8. Moema - São Paulo
  9. Butantã - São Paulo
  10. Copacabana - Rio de Janeiro

Ranking dos Bairros mais procurados para venda no 4º trimestre de 2016

  1. Vila Mariana - São Paulo
  2. Barra da Tijuca - Rio de Janeiro
  3. Tatuapé - São Paulo
  4. Moema - São Paulo
  5. Recreio Dos Bandeirantes - Rio de Janeiro
  6. Ipiranga - São Paulo
  7. Boa Viagem - Recife
  8. Campo Grande - Rio de Janeiro
  9. Mooca - São Paulo
  10. Tijuca - Rio de Janeiro

(Redação - Agência IN)