Ações de cobrança por falta de pagamento de aluguel sobem 39% em fevereiro, mostra AABIC

Ações de cobrança por falta de pagamento de aluguel sobem 39% em fevereiro, mostra AABIC Foto: Divulgação Ações de cobrança por falta de pagamento de aluguel sobem 39% em fevereiro, mostra AABIC

No mês de fevereiro foram registradas 1.377 ações judiciais por falta de pagamento de aluguel, 39% a mais quando comparado com o mês anterior, em janeiro foram movidas 992 ações. Os números são do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) e divulgados pela Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios de São Paulo (AABIC).

A soma de todos os tipos de ações locatícias registraram 1.567 no mês de fevereiro, que em comparação o mesmo período de 2016 (de 1.174 ações), obteve aumento de 33%.

Na variação mensal, em fevereiro 2017, foram registradas 1.567 ações, representando aumento de 37% na comparação com o mês anterior (janeiro 2017), onde foram registradas no acumulado 1.140 ações.

De 1.567 ações movidas em fevereiro, 88% das ações foram por falta de pagamento de aluguel. As ações ordinárias somaram 5,30%. E as ações Renovatórias e Consignatórias, somaram 6,38% e 0,45% das ações.

Ações de cobrança de condomínio

As ações de cobrança de condomínios por falta de pagamento apresentaram aumento de 21% no mês do fevereiro (543 ações) se comparado ao mesmo período do ano anterior (450 ações). Os números são do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) e divulgados pela Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios de São Paulo (AABIC).

Em comparação ao período com o mês anterior, onde foram registradas 416 ações de cobranças em janeiro de 2017, a variação também evidencia aumento significativa de 31% dentre as ações.

(Redação - Agência IN)