Sorridents vai à Harvard para apresentar seu negócio

Sorridents vai à Harvard para apresentar seu negócio (Foto: Divulgação) Sorridents vai à Harvard para apresentar seu negócio

Após um ano como primeira franquia a ser case da Universidade de Harvard, a instituição de ensino mais prestigiada do mundo, a Sorridents, maior rede de clínicas odontológicas da América Latina, volta à escola de pós-graduação americana, a Harvard Business School, para apresentar novamente o estudo de caso para mais de 80 alunos de, pelo menos, 60 nacionalidades durante os dias 6 e 7 de abril.

Apresentado pelo professor de administração da Harvard Business School, Michael Chu, a presidente da rede Carla Renata Sarni e o vice-presidente Cleber Soares estarão presentes para acompanhar e tirar dúvidas dos participantes que analisarão os desafios e oportunidades do negócio. O conceito principal discutido nos encontros será o de walk-in-clinic, clínicas de pronto atendimento comum em países como os EUA, e que são semelhantes ao perfil da Sorridents.

“Após sermos case pela primeira vez, visitamos as áreas de odontologia da Harvard, do MIT e da Georgia Tech Atlanta, e estreitamos relacionamento com os especialistas mais prestigiados das instituições americanas. O nosso intuito ao voltar para a Harvard após um ano como case é buscar relevância nos EUA para levar a Sorridents ao país, já que estamos elaboramos o business plan de inauguração das nossas franquias americanas”, explica Cleber Soares.

Em 2016, a escola de negócios escolheu a franqueadora para o revolucionário case method (estudo de caso) por conta da visão dos executivos da Sorridents de servir melhor a população que se encontra na base da pirâmide social. A rede passou a integrar uma exclusiva lista de empresas nacionais que já foram tema de estudo como Natura, Itaú, Magazine Luiza e Amil.

Criada por Carla Renata Sarni, em 1995, na Zona Leste de São Paulo, e integrante do franchising brasileiro a partir de 2007, a Sorridents é pioneira em democratizar a saúde bucal no País, levando odontologia de qualidade às classes C, D e E. Durante sua carreira, Carla ganhou destaque por seus trabalhos sociais desenvolvidos já na época da faculdade e sua história tem atraído cada vez mais a atenção das universidades e empreendedores, que requisitam suas palestras sobre empreendedorismo. Hoje, seu negócio, que possui mais de 175 unidades presentes em 16 estados brasileiros, fatura R$ 220 milhões ao ano e é considerado referência no setor da odontologia.

A Harvard Business School nasceu em 1908 para ministrar cursos de pós-graduação focados em administração de empresas. Os casos apresentados na instituição são desenvolvidos apenas como base para discussões em classes e não devem ser usados como aprovação, fonte primária de informação, dados, gerenciamento ineficaz ou eficaz e ilustração. Entre os ex-alunos notáveis da instituição estão Michael Bloomberg, empresário e político norte-americano, e Sheryl Sandberg, diretora de operações do Facebook.

(Redação - Agência IN)