Ooxy mira cidades com mais de 100 mil habitantes para expansão

Ooxy mira cidades com mais de 100 mil habitantes para expansão Foto: Divulgação Ooxy mira cidades com mais de 100 mil habitantes para expansão

Primeira rede de franquias de rádios personalizadas do país tem como objetivo a democratização do serviço para PME´s

Criada em 2016, a Ooxy Radio Indoor é a primeira rede de franquias de marketing sensorial do Brasil. Atualmente, a empresa trabalha com o music branding, estratégia utilizada por grandes marcas que tem como objetivo gerar maiores oportunidades de venda por meio da música e de outros recursos sonoros. A Ooxy visa democratizar o serviço com planos de rádios personalizadas para PME´s a partir de 59 reais por mês. Devido ao grande número de microempreendedores nas cidades com mais de 100 mil habitantes, a rede planeja sua expansão para fora das grandes metrópoles e tem como meta fechar o ano com mais 20 unidades.

“No Brasil o conceito de rádios personalizadas ainda é restrito para as grandes marcas”, explica Helio Brito Jr, fundador da Ooxy. “Nosso foco, é disponibilizar esse serviço para todos. Os empresários têm o direito de oferecer um atendimento sofisticado e personalizado que represente a sua empresa”, comenta.

Em uma pesquisa divulgada pela Veronis, Shler & Associados, após a visão, a audição é o sentido que mais utilizamos para a absorção de conhecimento, sendo a responsável por 11% do total. Devido a isso, o music branding tem ganhado cada vez mais espaço em estratégias de marketing com significativa participação no aumento das vendas.

“Estudos científicos comprovam que a música influencia diretamente no comportamento humano”, comenta Brito. “Então por que não usar isso a favor de uma campanha de marketing? O music branding possibilita isso, deixando o cliente mais relaxado até fazer com que ele se sinta totalmente familiarizado com o estabelecimento, a ponto de ficar mais tempo no local. Isso gera maiores oportunidades de venda”, explica.

Com a crise, as grandes empresas estão demitindo e uma das alternativas encontradas pelas pessoas para ganhar dinheiro é o empreendedorismo. Isso explica o grande número de PME’s espalhadas por todo o país.

“Independente do tamanho da empresa, todos querem oferecer um bom atendimento para seus clientes” explica Brito. “Notamos um campo muito grande de trabalho para nossos franqueados nas cidades de tamanho médio, com mais de 100 mil habitantes. Existem muitas PME´s nessas localidades e, com isso, enormes possibilidades de vendas”, conclui.

(Redação - Agência IN)