Ooxy chega ao estado do Rio de Janeiro

Ooxy chega ao estado do Rio de Janeiro Foto: Divulgação Ooxy chega ao estado do Rio de Janeiro

Fundada em 2016, a Ooxy é a primeira rede de franquias de music branding do país. Serviço que tem como objetivo aumentar as intenções de compra por meio da conexão do consumidor com o estabelecimento utilizando o som. Em março, a rede inaugura sua primeira unidade na cidade do Rio de Janeiro, sob a liderança de Sergio Pimenta.

Formado em marketing, Sergio trabalhou em uma gravadora na qual desenvolvia playlists e vendia cds para empresas, que distribuía para seus clientes. “Acredito que a Ooxy é uma evolução daquilo que eu fazia nessa época”, informa Sergio. “Hoje, devido ao desenvolvimento da tecnologia, é possível utilizar a música de forma muito mais direta e efetiva para atingir os consumidores”, conclui.

Segundo estudo realizado pela Veronis, Shler & Associados, os cincos sentidos são fundamentais para o aprendizado do ser humano, sendo a audição o segundo sentido mais importante nesse quesito, responsável por 11% do conhecimento adquirido. O music branding se baseia nesse conceito, com a utilização da música e de diferentes recursos sonoros para aumentar as compras e o engajamento do consumidor à marca.

“A música influencia diretamente o ser humano”, comenta Helio Brito Jr., fundador da Ooxy Radio Indoor. “A atenção, o humor, e até a velocidade com que a pessoa caminha, podem ser influenciados diretamente pela música. Utilizar esse recurso como ferramenta de vendas é uma estratégia muito eficaz”, conclui Brito.

No Brasil, o music branding normalmente é utilizado somente por grandes marcas. O objetivo da Ooxy é, por meio de um valor reduzido, democratizar esse conceito para pequenas e médias empresas. Com pacotes disponíveis a partir de R$59,00, a Ooxy chega ao Rio de Janeiro para atender um mercado com um enorme potencial na região.

“Além dos benefícios que nossos serviços trazem para os comerciantes locais, o negócio é uma ótima oportunidade para empreendedores em busca da independência financeira. Trabalhar com música é prazeroso e o sistema de renda recorrente, que praticamos em nossa rede, é um grande atrativo”, finaliza Helio sobre o modelo de negócio de sua empresa.

(Redação - Agência IN)