Mercadão dos Óculos cresceu mais de 80% em número de unidades desde o início do ano

Ampla oferta de produtos, investimentos em marketing, preços competitivos e envelhecimento da população faz da rede um negócio promissor Foto: Divulgação Ampla oferta de produtos, investimentos em marketing, preços competitivos e envelhecimento da população faz da rede um negócio promissor

A rede de franquias óticas, Mercadão dos Óculos, tem motivos de sobra para comemorar. Apesar do ano de crise, a empresa registrou um crescimento de mais de 80% no número de unidades, de janeiro deste ano até o momento.

De acordo com o sócio e diretor de expansão da rede, Gustavo Freitas, o cenário se deve a alguns fatores que são peculiares ao segmento, tornando-se atrativo para quem busca um negócio consolidado para investir. “Produzimos mais de 12 linhas de produtos de alta qualidade, com preços competitivos que permitem ao franqueado ter uma lucratividade de até 30% ao mês e um mark up que chega a 300%”, diz.

Segundo dados da Associação Brasileira da Indústria Óptica (Abióptica), em 2014, o setor teve um crescimento de 3% em comparação a 2013, com faturamento de R$ 23,1 bilhões. O resultado, embora menor do que a média de crescimento do segmento, cujo faturamento cresceu 95% desde 2010, foi considerado bom pela indústria e pelo varejo ópticos, especialmente em função do baixo desempenho da economia nacional.

O executivo acrescenta que 70% das vendas atuais do Mercadão dos Óculos são direcionadas aos itens de correção, e atribui este panorama à conscientização e envelhecimento da população, além de terem se tornado um artigo de moda.

Com 56 lojas, das quais 39 estão em operação e o restante para ser inaugurada, a rede tem como plano de expansão chegar a 85 novas lojas até o final de 2015. Desta maneira, o faturamento previsto é de R$ 45 milhões. O sucesso também é resultado dos preços acessíveis praticados pela rede que chegam a ser 60% inferiores da média do mercado.

Outro diferencial da marca é ter indústria própria de armações de óculos com proteção UVA e UVB, sempre acima do mínimo exigido pela legislação brasileira e, disponibilizar em cada loja, uma média de 800 opções de óculos de 20 grifes diferentes.

(Redação - Agência IN)