Varejo de materiais de construção criou 286 empregos

Depois de recuos sucessivos no mercado de trabalho setorial, o varejo de materiais de construção da Região Metropolitana de São Paulo (RMSP) apresentou um saldo positivo de 286 vagas em janeiro, resultado proveniente de 2.422 admissões e 2.136 desligamentos. Desempenho muito mais favorável na comparação com o mês anterior, no qual 1.021 vagas foram perdidas. No saldo acumulado em doze meses, ocorreu a eliminação de 4.353 vagas no setor varejista de materiais de construção. 

Índice Nacional da Construção Civil varia 0,19% em fevereiro

O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi), calculado pelo IBGE, apresentou variação de 0,19% em fevereiro, ficando 0,19 ponto percentual abaixo da taxa do mês anterior (0,38%). Com isto, a taxa dos últimos 12 meses desceu para 5,77%, resultado inferior aos 6,46% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores. Em fevereiro de 2016 o índice atingiu 0,84%. 

CUB paulista registra alta de 0,03% em fevereiro

O Custo Unitário Básico (CUB) da construção civil do estado de São Paulo registrou alta de 0,03% em fevereiro na comparação com janeiro. De acordo com o Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP), o CUB representativo da construção paulista (R8-N) ficou em R$ 1.296,39 por metro quadrado no período. Em 12 meses a alta é de 5,17%. 

Construção demite mais de um milhão de trabalhadores

A construção civil demitiu 1,08 milhão de trabalhadores no país desde outubro de 2014, quando iniciou o declínio do número de empregados. Os dados foram divulgados pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP), em parceria com a Fundação Getulio Vargas (FGV).

INCC-M registrou taxa de variação de 0,29% em janeiro

O Índice Nacional de Custo da Construção – M (INCC-M) registrou, em janeiro, taxa de variação de 0,29%, abaixo do resultado do mês anterior, de 0,36%, segundo dados da Fundação Getulio Vargas (FGV). O índice relativo a Materiais, Equipamentos e Serviços registrou variação de 0,30%. No mês anterior, a taxa havia sido de 0,15%. O índice referente à Mão de Obra registrou variação de 0,28%. No mês anterior, a taxa de variação foi de 0,55%. 

Assinar este feed RSS