ContabExpress inaugura 1ª unidade em Campos do Jordão

  •  
ContabExpress inaugura 1ª unidade em Campos do Jordão (Foto:Divulgação) ContabExpress inaugura 1ª unidade em Campos do Jordão

A ContabExpress, franquia prestadora de serviços no segmento de contabilidade, anuncia a abertura da primeira unidade no estado de São Paulo, situada na cidade de Campos do Jordão, região do Vale do Paraíba. Inicialmente no formato home based, o negócio exige investimento a partir de R$ 12 mil reais e prevê lucro de 30% sobre o faturamento mensal do franqueado.

O diferencial da ContabExpress está na forma de inovar a operação para impulsionar o crescimento da carteira de clientes. O escritório central da franquia, localizado na sede do Grupo VA, em Taubaté (SP) é o responsável por realizar toda a parte operacional, por meio de um time composto por cem colaboradores das mais diversas funções. Já o franqueado vai atuar como um agente de negócios, que fará a captação de clientes, realizará visitas nas empresas e focará no estreito relacionamento com o cliente fomentando a fidelização e qualidade de serviço.

De acordo com o diretor de expansão da marca, Carlos Diego Oliveira, a ContabExpress garante duas visitas mínimas mensais ao cliente, por meio de um trabalho personalizado. “Desta maneira, a presença do contador passa a ser fundamental pois ele começa a atuar como um coach para o empresário”. A expectativa desta franquia é conquistar 50 clientes até o final do ano.

As principais soluções oferecidas ao público pela ContabExpress são: serviços contábeis, revenda de softwares de gestão e emissão de documentos fiscais. Além disso, oferece à parte contratante a implantação de um software de gestão próprio, chamado “Contab Manager”.

A ContabExpress foi idealizada por Alexandre Loudrade, um dos sócios fundadores do Grupo VA, que enxergava o mercado de contabilidade obsoleto no trato com o cliente, além de um potencial de expansão muito grande. “Tínhamos um contador que mal aparecia na empresa e o trabalho era feito remotamente. Com isso, sentimos que uma empresa de contabilidade - no modelo de franchising que criamos - poderia mostrar-se diferente, ofertando um atendimento mais exclusivo e estratégico. Outro ponto é o setor a ser explorado. Atualmente, 70% das empresas ativas no Brasil possuem o perfil de negócios que pretendemos trabalhar”, conta Loudrade.

(Redação – Agência IN)