A diferença da gastronomia oriental no Yakisoba Factory

  •  
O investimento inicial pode ser a partir de R$ 217 mil Foto: Pamella Cajano O investimento inicial pode ser a partir de R$ 217 mil

A maior feira de franquias do mundo trouxe para dentro de seu cenário o lado oriental da gastronomia.

A ABF Expo Franchising 2015, que aconteceu de 24 a 27 de junho no Expo Center Norte, em São Paulo, contou com a presença da rede Yakisoba Factory, que retornou este ano com um modelo de negócio com investimento inicial a partir de R$ 217 mil, podendo chegar até R$ 323 mil.

A rede oriental, que chega a faturar em média R$ 65 mil mensais, tem o objetivo de investir em modelos de negócio 100% delivery, que contam com investimento em torno de RS$ 160 mil.

Segundo o gerente de expansão da marca, Daniel Kalaes, atualmente a rede conta com 70% de suas vendas em formato delivery.

Daniel explica que a ideia é ter pontos enxutos para que o foco seja mesmo o atendimento delivery. Isso porque, o ticket é maior quando as pessoas pedem de casa ao invés de irem até o local, o que consequentemente gera menos gastos para a empresa e um fluxo maior de pedidos.

A marca foi criada em 2010 pelo chef taiwanês Kiko Hwang. O chef, formado pela Le Cordon Bleu - uma das mais tradicionais e renomadas escolas de gastronomia do mundo, localizada em Paris -, é responsável pelo desenvolvimento do cardápio que aparece nas 22 unidades ativas espalhadas por estados do Sul e Sudeste. Aliás, em 2015 espera-se abertura de mais 11 unidades.

Daniel Kalaes diz que a ideia é ter uma casa de comida oriental com foco em yakisoba. Inclusive, a marca oferece atualmente mais de 10 diferentes tipos de yakisoba, além de outros pratos, como temaki e yaquimexi.

Ele conta que o franqueado recebe tudo praticamente pronto, a fim de somente finalizar os pratos e oferecer um atendimento prático e rápido. Porém, o diferencial é que o produto é goumert e não industrializado, o que favorece a qualidade.

Em relação à procura por uma franquia, o gerente conta que a maior parte dos interessados está nas regiões nordeste e centro-oeste, no qual 'a marca virou um point'.

Segundo o empresário, essas regiões possuem muitos estabelecimentos, entretanto, não com a mesma qualidade. 'Isso favorece a marca oriental, já que apostamos em nossa qualidade', reforça o executivo.

'A maioria das pessoas que se tornam nossos franqueados, são pessoas que já foram até uma de nossas lojas, experimentaram a comida e decidiram abrir uma unidade por conta da qualidade que enxergaram em nossos serviços'.

Se tratando da onda de food trucks que invadiu as cidades, o gerente de expansão explica que a marca fez um estudo para verificar a viabilidade e implantação do modelo de negócio. No entanto, o Yakisoba Factory percebeu que para a franquia não era interessante esse formato, já que os modelos de negócio contam com estruturas totalmente diferentes.

Ele explica ainda que o modelo food truck talvez não dure muito tempo, pois pode acabar se tornando algo sazonal, o que não seria viável para a marca de yakisobas.

De acordo com Daniel, todos os formatos de loja são testados e pilotados antes de entrarem definitivamente no portfólio da empresa. Ou seja, somente saem do papel as estruturas que a companhia tem a certeza que darão certo.

Ele lembra que há espaço para todo mundo que quer investir no segmento gastronômico. Isso porque, a rede food truck é para quem quer uma alimentação rápida, por exemplo. Já a rede de franquias possui um fluxo maior de comida e precisa, inclusive, de um lugar um pouco maior para manter seu estoque.

Sobre o período de crise que o país passa e como se manter nesse cenário, o gerente da rede diz que o segmento da alimentação não sofre tanto impacto, pois as pessoas continuam gastando com refeições fora de casa, o que significa que a rede de comida oriental só tende a crescer, se expandindo cada vez mais por todas as regiões do país.

Ficha de investimentos
Número de franquias: 33 (22 em operação, 11 em fase de implantação)
Fundação/início do franchising: 2010/2012
Investimento total: de R$ 217 mil a R$ 323 mil
Capital de giro: de R$ 40 mil a R$ 74 mil
Taxa de franquia: de R$ 49 mil a R$ 53 mil
Royalties mensais: 6% do faturamento bruto
Taxa de publicidade: 1,5% do faturamento bruto
Faturamento bruto: R$ 65 mil
Prazo de retorno: de 24 a 36 meses
Site: www.smzto.com.br/yakisobafactory

(Pamella Cajano- Agência IN)