Inscrições para vagas remanescentes do Prouni terminam hoje

Inscrições para vagas remanescentes do Prouni terminam hoje Foto: Divulgação Inscrições para vagas remanescentes do Prouni terminam hoje

O prazo para se inscrever e concorrer às vagas remanescentes do programa Universidade para Todos (Prouni) termina nesta sexta-feira (5). A ação é voltada a candidatos já matriculados em instituição de ensino superior. As inscrições devem ser feitas exclusivamente pela internet, na página do programa.

O Prouni é destinado à concessão de bolsas de estudo, integrais e parciais (50%), para estudantes de cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições particulares de educação superior.

Para concorrer à bolsa integral, o candidato deve comprovar renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa. Para a bolsa parcial, a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

Poderão se inscrever estudantes que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a partir da edição de 2010, e que tenham obtido nota média igual ou acima de 450 pontos, além de superior a zero na redação.

Professores da rede pública de educação básica, no efetivo exercício do magistério da educação básica, e integrando o quadro de pessoal permanente da instituição pública, também poderão se inscrever para cursos de licenciatura, independentemente da renda.

Comprovação

A conclusão da inscrição assegura ao candidato apenas a expectativa de direito à bolsa, estando sua concessão condicionada à comprovação de atendimento dos requisitos legais e regulamentares do Prouni.

Nos dois dias úteis subsequentes ao da sua inscrição, o candidato deverá comparecer à respectiva instituição de ensino para proceder à comprovação das informações prestadas.

“É muito importante que o candidato compareça à instituição de ensino com a documentação que comprove as informações prestadas durante a inscrição para verificar a possibilidade, a partir das bolsas oferecidas, de inclusão no programa”, ressalta o diretor de Políticas e Programas de Educação Superior do MEC, Vicente Almeida Junior. As informações são do Portal Brasil.

(Redação - Agência IN)