Confira como garantir uma boa nota em discursivas de concursos e do Enem

  •  
Confira como garantir uma boa nota em discursivas de concursos e do Enem (Foto:Divulgação) Confira como garantir uma boa nota em discursivas de concursos e do Enem

As provas de redação costumam aterrorizar quem batalha por uma vaga em cargos públicos ou nas melhores universidades brasileiras. A apreensão dos estudantes faz sentido, já que a nota da discursiva define a posição do candidato no ranking de classificados e pode eliminá-lo da disputa.

As principais dificuldades informadas por quem precisa escrever uma redação envolvem a seleção dos argumentos e a interpretação do tema. Em pesquisa realizada pela escola de redação online Oficina de Redação Para Concursos, 30.5% dos entrevistados disse ter dificuldades para definir o que escrever em cada parágrafo e 17,1% informou ter problemas para saber exatamente o que a banca quer que eles escrevam na redação.

"Essas são dificuldades relacionadas ao planejamento da redação, algo que a maioria dos candidatos não costuma fazer. É comum as pessoas lerem o tema rapidamente e já começarem a escrever, o que torna a elaboração do texto mais demorada e pouco relevante, pois o candidato escreve e apaga o texto várias vezes e se perde na hora de colocar as ideias no papel. O principal segredo para se elaborar uma boa redação é pensar nela antes de começar a escrever", comenta a professora Christiane Dutra, fundadora da Oficina de Redação.

COMO PLANEJAR SUA REDAÇÃO

Planejar uma redação significa pensar no texto antes de começar a escrevê-lo. Para isso, é preciso seguir 5 etapas:
1. leia o tema com atenção
2. entenda o que a banca quer ler na sua redação, ou seja, identifique o objetivo do texto
3. pense em qual é a sua opinião sobre o tema e nos motivos pelos quais você pensa assim
4. anote pelo menos cinco informações que você sabe sobre o tema
5. liste os argumentos que você pode usar para defender a sua opinião e justificar as cinco informações que você anotou.

EXEMPLO
1. Tema Enem 2015:
"A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira"

2. Objetivo da redação: 
Explicar por que a violência contra a mulher continua alta no Brasil (objetivo da redação) e sugerir ações para mudar essa realidade (proposta de solução)

3. Opinião sobre o assunto
Concordo que a violência continua, pois as estatísticas comprovam isso e porque conheço vítimas.

4. Informações sobre o tema: 
Os crimes costumam ser praticados dentro de casa, por maridos ou companheiros.
A violência pode ser física ou psicológica.
Os crimes são mais comuns em regiões periféricas e atingem mulheres negras e pobres.
As mulheres têm medo de denunciar os maridos.
O Estado precisa ser mais efetivo ao proteger as mulheres vítimas de violência.

5. Como justificar o que eu sei (Por que o que eu sei acontece e o que fazer pra mudar?)
Os crimes costumam ser praticados dentro de casa, por maridos ou companheiros: as motivações costumam ser ciúmes, machismo. As mulheres quase nunca têm estudo e são dependentes dos maridos. As famílias costumam passar por dificuldades financeiras.

A violência pode ser física ou psicológica: as agressões físicas são as mais visíveis, mas as psicológicas são mais comuns. Humilhações e xingamentos acabam com a autoestima da mulher e fazem com que ela acredite que não tem valor e que não viveria bem sem o companheiro. É preciso empoderar essas mulheres.

Faça a quinta etapa com todas as afirmações e, no fim, escolha as duas ou três mais relevantes para colocar na sua redação. Esse exercício fará com que você pense em toda a redação antes de começar a escrever e aumentará suas chances de fazer textos excelentes.

ALÉM DO PLANEJAMENTO, DEVO FAZER ALGO MAIS?

Segundo Christiane, além de pensar em todo o texto antes de começar a escrever, ao dissertar, os candidatos precisam criar linhas de raciocínio claras. "A maioria dos problemas de desenvolvimento acontecem porque os redatores fazem afirmações sem explicar de onde as ideias vieram, como elas se relacionam com o tema e que efeitos elas causam na sociedade. Sem esse contexto, a argumentação fica confusa e pouco relevante", afirma.

Outros fatores importantes são conhecer a estrutura do tipo textual a ser cobrado na prova e se comprometer em identificar e corrigir os erros antes da avaliação oficial. 

"Se o candidato escrever dezenas de redações para treinar, mas não corrigir os erros cometidos, eles não alcançarão boas notas, pois cometerão os mesmos erros na prova oficial. Identificar e corrigir os erros é o principal compromisso que concurseiros e vestibulandos precisam ter ao treinar redação", reforça a professora.

Para auxiliar os candidatos nesse processo de identificação e correção de erros, a Oficina de Redação oferece dois serviços personalizados, os quais podem ser conhecidos nesta página: www.oficinaderedacao.com/correcao-de-redacao-online

A Oficina também disponibiliza um e-book gratuito chamado Checklist Redação Perfeita, que é um passo-a-passo para se escrever boas redações. Para fazer o download, acesse: http://www.oficinaderedacao.com/e-book-gratis-checklist-redacao-perfeita.

(Redação – Agência IN)