Incertezas políticas causam preocupação aos consumidores

O mês de maio mostrou resultados desanimadores com relação ao mercado de crédito, a propensão a tomar novos empréstimos e a segurança do crédito. Segundo a Pesquisa de Risco e Intenção e Endividamento (PRIE), elaborada mensalmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), em maio, o Índice de Intenção de Financiamento registrou 15,6 pontos, queda de 16,4% em relação a abril, porém, ainda é 8,5% superior ao registrado no mesmo mês de 2016, quando o indicador alcançou 14,4 pontos.

Saldo das operações de crédito atingiu R$3.072 bi em abril

O saldo das operações de crédito do sistema financeiro atingiu R$3.072 bilhões em abril, após reduções de 0,2% no mês e 2,2% em doze meses (ante variações respectivas de +0,2% e -2,6% em março), segundo dados do Banco Central (BC). As operações com pessoas físicas cresceram 0,1% no mês, alcançando R$1.577 bilhões, enquanto a carteira de pessoas jurídicas decresceu 0,5%, para R$1.495 bilhões. A relação crédito/PIB declinou 0,2 p.p., situando-se em 48,4%, ante 51,8% em abril de 2016.

Demanda das empresas por crédito recua 12,2% em abril

Conforme apurou o Indicador Serasa Experian de Demanda das Empresas por Crédito, houve queda de 12,2% na demanda por crédito em abril/17 em relação a março/17. Em relação ao mesmo mês do ano passado, a procura das empresas por crédito recuou 5,7% em abril/17. No acumulado do ano até abril/17, a demanda das empresas por crédito exibiu queda de 2,6% em relação mesmo período do ano passado.

Juros é a principal barreira para 38% dos empresários que não buscam crédito, mostra SPC Brasil

As altas taxas de juros cobradas pelas instituições financeiras são o principal motivo para os empresários dos ramos do comércio e serviços não buscarem crédito para investir e desenvolver seus negócios. A constatação é de uma pesquisa feita pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) com empresários de todos os portes nas 27 capitais. De acordo com o levantamento, entre aqueles que nunca recorreram a empréstimos e financiamentos, quatro em cada dez (38%) atribuem a decisão ao fato de considerarem os juros elevados. A burocracia no processo de aprovação de um empréstimo foi citada por 12% dos entrevistados. Outro motivo é que 44% desses empresários conseguem manter a operação da empresa com recursos próprios. No total, 58% dos varejistas nunca utilizaram, ou ao menos buscaram, crédito na forma de empréstimos ou financiamentos.

BB liberará R$ 1 bilhão em crédito para projetos de agroenergia no Oeste Paranaense

O Banco do Brasil deve investir nos próximos anos até R$ 1 bilhão na região do Oeste Paranaense, em linhas de financiamento voltadas à produção de energia a partir da biomassa. O Programa Agro Energia foi lançado nesta quinta-feira (18), em uma solenidade no Espaço Milton Santos, no Parque Tecnológico Itaipu, em Foz do Iguaçu. Voltado, na região, ao biogás, o programa conta com a parceria da Itaipu Binacional e do Centro Internacional de Energias Renováveis - Biogás (CIBiogás), entre outros.

 

Bancos liberaram R$ 22 bilhões para financiar a compra de veículos no 1T17

Os bancos de montadoras e as instituições independentes liberaram R$ 22 bilhões para financiar a compra de veículos no primeiro trimestre deste ano. Esse montante é 18,4% superior ao registrado no mesmo período de 2016. De acordo com os dados divulgados no boletim da ANEF (Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras), o CDC (Crédito Direto ao Consumidor) foi responsável por 50% dos negócios fechados no primeiro trimestre deste ano, seguido pelo consórcio com 5% e pelo leasing por 1%. As compras à vista atingiram a marca de 44%.

Saldo dos cartões de crédito chegou a R$ 180 bi em março

O crédito total do sistema financeiro, incluindo operações com recursos livres e direcionados, ficou em R$ 3,1 trilhões em março de 2017, conforme relatório mensal do Banco Central do Brasil divulgado ontem, 26. O volume mensal manteve-se estável na passagem de fevereiro para março e caiu 2,7% na comparação com março de 2016.

Demanda por Crédito do Consumidor cai 4,0% no 1º trimestre

Dados nacionais da Boa Vista SCPC apontam que a Demanda por Crédito do Consumidor caiu 4,0% no 1º trimestre de 2017 na comparação com o mesmo período do ano anterior. Já na avaliação dos valores acumulados em 12 meses (abril de 2016 até março de 2017 frente aos 12 meses antecedentes) houve retração de 9,3%, enquanto na análise interanual (contra o mesmo mês do ano anterior) houve queda de 1,9%. Contudo, na comparação mensal contra fevereiro houve alta de 2,2%, considerando dados com ajuste sazonal.

Assinar este feed RSS