Porto Seguro Cartões oferece condições exclusivas a clientes em adequação às novas regras do crédito rotativo

Porto Seguro Cartões oferece condições exclusivas a clientes em adequação às novas regras do crédito rotativo Foto: Divulgação Porto Seguro Cartões oferece condições exclusivas a clientes em adequação às novas regras do crédito rotativo

Medida será válida a partir de 03 abril de 2017 para todos os clientes de cartões de crédito e tem como objetivo evitar complicações financeiras

Para se adequar à nova resolução 4.549 do CMN (Conselho Monetário Nacional) relacionada à utilização do crédito rotativo, válida para todas as instituições financeiras, a Porto Seguro Cartões anuncia quais serão as condições ofertadas a seus clientes a partir de 3 de abril.

De acordo com a nova resolução, o valor mínimo da fatura deve conter 100% do saldo residual da fatura anterior, o chamado crédito rotativo, que só poderá ser utilizado por um mês. A partir de então, o cliente passa a ter duas opções para pagar este saldo: quitá-lo ou aderir ao parcelamento da fatura, evitando o acúmulo de dívida. As novas compras poderão ser financiadas pelo crédito rotativo.

A Porto Seguro Cartões continuará com as opções flexíveis de parcelamento de fatura, para que o cliente escolha a oferta que melhor se adeque ao seu orçamento, e manterá a taxa do parcelamento de fatura mais baixa do que a do crédito rotativo. Embora permitido até setembro, a Porto Seguro Cartões antecipa desde já os efeitos da resolução 4.558, não praticando taxa diferenciada em caso de atraso (maior que a taxa contratada), favorecendo assim a saúde financeira do cliente.

A partir de maio, a taxa de juros do crédito rotativo praticada pela Porto Seguro Cartões será de 2,43% a 9,70%, mantendo a diferenciação de taxa de acordo com o perfil do cliente. “Essas determinações têm por objetivo provocar uma utilização mais consciente e planejada do crédito, evitando que o cliente fique no rotativo por muito tempo e, como consequência, reduzir a taxa de inadimplência” diz Marcos Loução, diretor da Porto Seguro Cartões.

Caso o cliente efetue um pagamento entre a menor parcela do parcelamento de fatura e o valor mínimo, haverá adesão automática ao parcelamento, compatível ao valor pago. Ao optar por uma dessas opções, o cliente mantém o seu cartão sem bloqueio e pode utilizá-lo normalmente, aproveitando dos benefícios e vantagens que o Cartão de Crédito Porto Seguro oferece.

Para saber mais sobre as novas regras do Cartão de Crédito Porto Seguro, entre no site . Ou, para conferir a nova resolução na íntegra, acesse o site do Banco Central.

(Redação - Agência IN)